PUBLICAÇÕES RECENTES

Por mérito, Santa Inês receberá melhorias no atendimento especializado em saúde bucal

2 de julho de 2015



Ao todo, 15 municípios serão beneficiados com recursos adicionais por cumprirem critérios de qualidade em 18 Centros de Especialidades Odontológicas (CEO). No Vale do Pindaré, apenas Santa Inês está na lista.
A população de Maranhão será beneficiada com a melhoria do atendimento especializado em saúde bucal. O Ministério da Saúde destinou R$ 745,8 mil anuais para 18 Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) de 15 cidades do estado. Em todo o Brasil, 673 municípios foram contemplados com mais de R$ 48 milhões por ano para que os estabelecimentos ampliem a qualidade dos serviços oferecidos à população.

O incentivo faz parte das iniciativas de modernização da gestão da saúde que vêm sendo promovidas pelo Governo Federal, com adoção de novos padrões e indicadores de qualidade. A avaliação é composta por três módulos. No primeiro, é verificado se a infraestrutura a manutenção e o uso dos equipamentos, instrumentais e insumos, estão sendo feitos de forma adequada. No segundo, são entrevistados o gerente do CEO e um cirurgião dentista para a obtenção de informações sobre o processo de trabalho, organização do serviço e cuidado aos usuários. No terceiro módulo, é feita uma pesquisa de satisfação com pacientes do Centro, que inclui perguntas quanto ao acesso e qualidade do atendimento.

PUBLICIDADE:












A lista das cidades que vão receber os recursos adicionais, que se somam ao valor de custeio já pago a esses estabelecimentos, foi publicada na portaria 677/2015, que homologa a certificação dos CEO no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade dos Centros de Especialidades Odontológicas (PMAQ-CEO). Para o coordenador Nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca, esse processo de certificação é um grande avanço para um país que só foi ter política pública de saúde bucal após a criação do programa Brasil Sorridente, em 2004.

“Antes, quem precisasse de atendimento especializado tinha que procurar a iniciativa privada. Agora, além de termos saído de zero para 1.037 CEO em onze anos, estamos avaliando a qualidade dos serviços oferecidos à população, premiando com mais recursos os estabelecimentos que se destacam”, afirma Pucca.

MONITORAMENTO – Os 981 Centros de Especialidades Odontológicas que estavam em funcionamento em todo o país entre fevereiro e março de 2013 tiveram oportunidade de aderir ao PMAQ CEO de forma voluntária. Desses, 859 CEO aderiram ao programa, comprometendo-se a cumprir os critérios de qualidade pactuados, e passaram a receber um adicional de 20% no custeio mensal. Após a etapa de avaliação externa, os CEO certificados podem perder os 20% a mais de incentivo do PMAQ-CEO, manter os 20%, ou ampliar para 60% ou 100% adicionais, de acordo com o desempenho e cumprimento dos requisitos pactuados.

Municípios beneficiados:
UF
MUNICÍPIO
MA
BACABAL
MA
BALSAS
MA
BARRA DO CORDA
MA
CODÓ
MA
COELHO NETO
MA
COROATÁ
MA
CURURUPU
MA
IMPERATRIZ
MA
PARNARAMA
MA
PORTO FRANCO
MA
SANTA INÊS
MA
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR
MA
SÃO LUÍS
MA
TIMON
MA
TUNTUM

Abertas inscrições para o Prêmio Professores do Brasil



Estão abertas até 14 de setembro as inscrições para o Prêmio Professores do Brasil. Os interessados podem se inscrever no endereço eletrônico do concurso (http://www.educadoresdobrasil.org.br/). O prêmio faz parte do ‘Iniciativa Educadores do Brasil’, que premiará professores e gestores com os méritos: “Professores do Brasil” e “Gestão Escolar”.

O Prêmio Gestão Escolar (2015/2016) é destinado a escolas de ensino regular da educação básica, da rede pública e busca reconhecer boas práticas, incentivar o aprimoramento dos processos de gestão e promover ações que possibilitem a troca de experiências entre gestores, multiplicando boas estratégias. Podem participar escolas das redes públicas estaduais/distrital e municipais, representadas pelo diretor, que realizem o processo de autoavaliação.

Já o Prêmio Professores do Brasil, que está em sua 9ª edição, é uma iniciativa do MEC, por meio da Secretaria de Educação Básica, juntamente com as organizações parceiras. A meta é reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

Todos os professores de escolas públicas da educação básica podem se inscrever enviando um relato do trabalho desenvolvido com uma turma de alunos. A experiência registrada pode ser um processo vivido ou mesmo uma conversa com alunos. Assim, além de participar do processo de premiação, os professores desenvolvem um exercício de reflexão sobre a própria prática, o que garante o aprimoramento dos processos de ensino e aprendizagem, independente do processo de seleção.

Premiação
O ‘Professores do Brasil’ tem seis categorias: Creche - Educação Infantil, Pré-escola - Educação Infantil, Ciclo de alfabetização: 1º, 2º e 3º anos - Anos iniciais do Ensino Fundamental; 4º e 5º anos - Anos Iniciais do Ensino Fundamental; 6º ao 9º ano - Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Serão premiados cinco professores em cada categoria, totalizando 30 experiências selecionadas, cada uma receberá R$ 7 mil. Em cada região geográfica do país deverá ser premiado um professor. Entre eles, um será selecionado para receber premiação extra de R$ 5 mil. As escolas nas quais foram desenvolvidas as experiências selecionadas serão premiadas com placa comemorativa.

No Prêmio Gestão Escolar serão premiadas as escolas "Destaque Local" e "Destaque Estadual", sendo que as cinco escolas finalistas e a vencedora, recebem o diploma de "Destaque Regional" e "Referência Brasil", respectivamente.

Será concedida também premiação em dinheiro, de forma não cumulativa: R$ 6 mil para as escolas indicadas como "Destaque Estadual/Distrital"; R$ 10 mil para as escolas selecionadas como "Destaque Regional"; R$ 30 mil para a Escola classificada como "Referência Brasil". O diretor da escola "Referência Brasil" receberá R$ 6 mil.

(Seduc)

Santa Inês atinge vôos cada vez mais altos

1 de julho de 2015


Não é recente o empenho do prefeito de Santa inês Ribamar Alves voltado para a reestruturação e adequação do 'surrado' Aeroporto de Santa Inês. Inclusive, o assunto já foi tema de inúmeras reportagens feitas pelo Notas do Daniel Aguiar ao longo dos úlitmos dois anos. 
Foram várias reuniões do prefeito com representantes da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, na tentativa de transformar a pista de pousos e decolagens João Silva em um aeroporto de verdade. 
Aeroporto João Silva, em Santa Inês, será reestruturado
No final de 2013 e início de 2014, o ministro Moreira Franco chegou a reconhecer a necessidade de Santa Inês e de toda a região de contar com os serviços aéreos. Neste mesmo período foi assinado um convênio com o governo federal para reforma e ampliação do aeroporto.

Pois bem... agora vai! Todo o esforço de Ribamar Alves não foi em vão. E mais essa conquista possibilitará um avanço no crescimento econômico não apenas de Santa Inês, mas de toda a região, contribuindo na geração de emprego e renda. A iniciativa também deve alavancar o turismo no Vale do Pindaré.


Em solenidade realizada na tarde desta quarta-feira (1º), no auditório do Palácio dos Leões, o vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino na formalização da assinatura do Termo de Delegação de Aeroportos para Implantação no Maranhão. A Delegação de Aeroportos para Implantação no Maranhão faz parte do Programa de Investimento em Logística: Aeroportos, do Governo federal, e também tem o objetivo de adequar os aeroportos regionais no Maranhão, reconstruindo a rede de aviação regional. Nesta primeira etapa, seis cidades serão contempladas com reformas e adequações dos aeroportos: Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Carolina, Pinheiro e Santa Inês.

“O claro resultado deste empenho será o desenvolvimento que traremos para o nosso estado em vários setores de expansão de emprego e renda. Outro importante ganho é a melhoria na qualidade dos serviços e da infraestrutura aeroportuária para os seus usuários”, apontou o vice-governador Carlos Brandão, ao lembrar que o volume total de investimento do Governo Federal será da ordem de R$ 270,5 milhões em 11 aeroportos. Nesta primeira, seis aeroportos serão contemplados.

A meta é que, em breve, mais cinco cidades maranhenses sejam incluídas, como é o caso de Balsas, Caxias, Governador Nunes Freire, Imperatriz e São João dos Patos, totalizando as onze localidades já previstas pelo Programa de Aviação Regional.

O secretário de Estado da Indústria e Comércio, Simplício Araújo, também participou da solenidade. “Os aeroportos devem ser observados como integrantes de uma ou mais cadeias produtivas, podendo ser considerados catalisadores dos processos industriais. Hoje estamos dando um grande passo para a implantação desses aeroportos regionais. O Governo do Estado não medirá esforços durante a execução dos trabalhos”, afirmou.

Para que as obras sejam executadas, estudos técnicos serão realizados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc), para determinar quais as reformas e adequações serão necessárias para o funcionamento dos aeroportos nos municípios beneficiados.

Além do vice-governador Carlos Brandão, do secretário de Estado de Indústria e Comércio (Seinc), Simplício Araújo, a solenidade ocorreu com a presença de deputados estaduais; do senador Roberto Rocha; de membros da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República e de prefeitos representantes dos municípios que serão contemplados pelo Termo de Delegação nesta primeira etapa; além do secretário municipal de Governo da Prefeitura de São Luís, Lula Fylho, que esteve no evento representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

PUBLICIDADE:

Procon multa Cemar em mais de R$ 2 milhões

O Procon aplicou multa de R$ 2.048.200,00 à Companhia Energética do Maranhão (Cemar) devido ao elevado número de reclamações relacionadas a danos elétricos, sem restituição, causados aos consumidores por quedas de energia, oscilações e baixa voltagem; cobranças indevidas, sem prestar esclarecimentos sobre os cálculos dos valores cobrados; falha na prestação dos serviços; problemas na leitura dos registros e outras irregularidades.

A concessionária de serviço público de distribuição de energia elétrica foi notificada nesta quarta-feira (1º). A decisão é passível de recurso. Caso a fornecedora não efetue o pagamento da multa aplicada em dez dias ou não preste esclarecimentos, após o recebimento da notificação, será inscrita no débito da Dívida Ativa do Estado do Maranhão, para subsequente cobrança executiva.

O órgão, vinculado à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), informou que, no período de 2009 a 2014, há 8.837 atendimentos gerais em face da empresa e que foram enviadas 5.717 cartas solicitando informações preliminares, mas em sua maioria as respostas não foram favoráveis ao consumidor e não foram resolvidas as demandas.

Durante as conciliações, as propostas, também, são geralmente rejeitadas, tendo em vista que em nada beneficiavam os consumidores, apresentavam-se, em grande parte, na modalidade de parcelamento de valores considerados abusivos ou da multa aplicada pela fornecedora sem qualquer defesa técnica, a exemplo da apresentação de laudos ou cálculos. A concessionária, desde 2007, está entre as cinco empresas mais reclamadas do Estado. Em 2015, já foram registradas 764 atendimentos. 

De acordo com o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior, pela relação das reclamações dos consumidores e dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), é evidente a má prestação do serviço público de energia elétrica da reclamada, e que é serviço já consagrado pelo nosso ordenamento como um serviço público, essencial e contínuo.

“Todas as empresas prestadoras de serviços, sejam públicos ou privados, além de terem a obrigação de garantir a prestação de forma adequada e eficaz, são obrigadas a mantê-los de forma contínua. Qualquer interrupção, principalmente quando imotivada e não comunicada previamente aos usuários caracteriza afronta aos preceitos legais consumeristas. Nosso objetivo é a adoção de medidas eficazes que possam desestimular as práticas lesivas ao cidadão e promover efetivamente o equilíbrio e harmonia nas relações de consumo, além de buscar soluções justas, um compromisso do governador Flávio Dino”, disse.

Menos de 24h depois de ser preso por furto, suspeito foge de delegacia em Santa Inês



Johnatan Cordeiro Conceição, 31 anos de idade, suspeito de furtar motocicletas e joias em Santa Inês fugiu de dentro da 2ª Delegacia de Polícia, cerca de 24h depois de ser preso. A fuga ocorreu na tarde desta quarta-feira (1º). Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito livrou uma das mãos da algema e aproveitou o momento em que o carcereiro retirava outro preso da cela. O carcereiro, que teria tentado evitar a fuga, foi agredido.

ENTENDA O CASO 
(Texto abaixo e foto foram extraídos do Jornal Agora Santa Inês)

Segundo informações do capitão Marcos, comandante da 2ª Companhia, que fica localizada na Rua da Raposa, Johnatan Cordeiro Conceição, estava fazendo um verdadeiro arrastão de motos no município. “Cerca de 24 motos teriam sido roubadas este mês em Santa Inês, ele deve ter cometido 90% desses crimes” disse o capitão. 

A prisão de Johnatan aconteceu após ele ter assaltado uma vítima por volta das 16h de ontem. Johnatan ameaçou a vítima e roubou suas joias, fugindo em uma POP, que havia sido furtada mais cedo, por volta das 8h30 na Rua Osvaldo Cruz. A população presenciou o crime e iniciou uma perseguição atrás do criminoso, a polícia foi acionada e conseguiu prender o meliante na Rua Vila Nazaré, centro de Santa Inês. 

Ao ser preso e encaminhado para a 2ª DP, localizada na Rua da Pedra Branca, outras três vítimas compareceram ao local e reconheceram Johnatan que é bastante audacioso. Depois que ele furtou a moto POP ontem de manhã, logo após ele assaltou uma jovem de 25 anos na Travessa Santa Terezinha, ameaçando estar armado, roubou as joias dela e fugiu rapidamente do local. 

Ainda segundo informações da polícia, na noite de quarta-feira, 28, Johnatan furtou uma motocicleta modelo Fan de cor preta e placa NXI-9986, que estava estacionada nas Laranjeiras. A vítima havia deixado a moto em frente a sua residência. No dia 29, a vítima se encontrava conversando com um amigo quando avistou Johnatan com uma mulher na garupa e reconheceu a motocicleta, iniciando uma perseguição juntamente com um amigo e, ao mesmo tempo, informou o fato a Polícia Militar. Johnatan que pilotava a moto furtada tentava fugir, mas perdeu o controle da moto e caiu no chão juntamente com a sua companheira. Johnatan conseguiu se levantar rapidamente e fugir se embrenhando em um matagal, mas a companheira ficou no local e acabou sendo detida. Após prestar esclarecimentos foi liberada. Já Johnatan responderá pelo crime de furto e assalto, ele era morador do Pará e veio há alguns meses para Santa Inês cometer os crimes.

As duas mulheres vítimas de assalto de joias reconheceram Johnatan que também assumiu os crimes cometidos, além dos roubos das duas motocicletas que estão na delegacia. Ele disse que uma moto recuperada pela polícia no dia 21, também teria sido mais um crime de sua autoria. A polícia pede para que, caso reconheçam Johnatan, comparecerem ao 2ª DP na Rua da Pedra Branca, para prestarem depoimento. As identidades das vítimas serão mantidas em sigilo.

Sousa Neto no olho do furacão

Os deputados estaduais Sousa Neto e Andrea Murad estão no centro de mais um escândalo de desvio de dinheiro público. A dupla teria recebido doações de campanha da empresa Ires Engenharia Comércio e Representação. Esta, por sua vez, é investigada por ter recebido R$ 4, 8 milhões para a construção de um hospital em Rosário que nunca saiu do papel. Ou seja, o dinheiro para o hospital fantasma teria sido usado para financiamento de campanha política. 
Local onde deveria funcionar um hospital em Rosário

De acordo com o Blog do Raimundo Garrone, a Ires, conforme prestação de contas disponível no TSE, fez as singelas doações de R$ 60 mil (Andréa) e de R$ 40 mil (Sousa) para cada um dos queridinhos de Ricardo, aumentando a suspeita de uma espécie de encontro de contas do dinheiro desviado.
O caso é investigado pela Polícia Civil do Maranhão, e é apenas um de uma série de inquéritos que podem ser abertos diante de outras suspeitas de desvios de recursos do empréstimo do BNDES.

Segundo o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira, no final do governo Roseana foram pagos R$ 240 milhões sem a devida aprovação do banco.

Os R$ 4,8 milhões que a Ires recebeu eram para construir um hospital de 50 leitos em Rosário, com conclusão prevista para 19 de maio deste ano. Hoje o que há é um terreno vazio, onde foi feito apenas a terraplanagem, repetindo o modus operandi da prometida Refinaria de Bacabeira, outra obra que não saiu do papel.

A Ires Engenharia foi a vencedora de uma licitação, onde somente ela participou, e recebeu seus pagamentos em dia sem que houvesse colocado um prego em uma barra de sabão.

PUBLICIDADE:

Santa Inês: polo educacional e de saúde



Para desespero de dois ou três pseudo-políticos da região e um punhado de simpatizantes do "quanto pior melhor", saiu do campo das especulações e já é uma realidade a implantação de cursos superiores há muitos anos 'chorados' por estudantes de Santa Inês e região. Direito, Engenharia Civil, Odontologia, Fisioterapia, Nutrição e outros serão oferecidos na capital do Vale do Pindaré já no início de 2016. Isso mesmo! O primeiro vestibular do Centro de Ensino Superior da Amanzônia (CESAM), possivelmente com vagas também para Medicina, está previsto para janeiro do próximo ano.

Este é mais um exemplo de êxito em parceria firmada pelo prefeito Ribamar Alves que, certamente, mudará os rumos educacionais, sociais e de saúde do Centro-Oeste Maranhense. 
"Iremos protocolar junto ao MEC, inicialmente, o pedido para autorização de 8 cursos: Direito, Administração, Pedagogia, Nutrição, Fisioterapia, Odontologia, Engenharia de Produção, Engenharia Civil e vamos concorrer ao curso de Medicina", assegurou ao Notas do Daniel Aguiar o empresário Paulo Marinho.

Estrategicamente muito bem posicionado, geograficamente, não foi preciso mais do que vontade de ver Santa Inês continuar crescendo e competência na gestão pública, para o prefeito convencer o casal de empresários Paulo e Márcia Marinho, de que o Vale do Pindaré tem potencial para investimentos dessa envergadura. O município, então, doou o terreno, a Câmara aprovou e as máquinas já devem começar a trabalhar em, no máximo, 10 dias.

"Essa parceria Executivo, Legislativo, faculdade e o povo de Santa Inês já deu certo. Nossa cidade está sendo contemplada com esses cursos e estamos todos de parabéns. Lutamos sempre por uma cidade melhor", reiterou o chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Dimison Guimarães dos Santos.
Chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Dimison dos Santos
parabeniza a população
Em audiência pública realizada na noite dessa terça-feira (30), na Câmara de Vereadores de Santa Inês, o casal de empresários esclareu eventuais dúvidas de parlamentares, secretários municipais e moradores sobre o funcionamento da faculdade particular. 
Todos saíram satisfeitos com o que ouviram.

"Nunca mais os filhos precisarão sair de perto dos pais em busca de um curso superior pelo Brasil a fora. Santa Inês está de parabéns por mais essa vitória!", comemorou o vereador Enfermeiro Victor.
Vereador Enfermeiro Victor comemora a conquista
A mensagem de Victor foi repetida, com algumas variações, pelos demais parlamentares que usaram a tribuna. 

"Nós acreditamos que foi uma escolha acertadíssima, a questão da universidade pra Santa inês. Há muito tempo eu digo que Santa Inês tem potencial para ser pólo educacional e de saúde, principalmente com a chegada do hospital macrorregional e o curso de Medicina", afimou o presidente do Lions Clube de Santa Inês, Lindenberg Braga.
Lindenberg Braga, presidente do Lions Clube de Santa Inês
Sobre a mão de obra a ser absorvida durante a construção do prédio e após a inauguração do CESAM, Paulo Marinho foi objetivo: "Vamos priorizar a mão de obra local. Desde a terraplanagem até a contratação de educadores que lecionarão na faculdade"
Neste caso, estamos falando de centenas de empregos diretos e indiretos que beneficiarão a população do município. Que significa dizer, ainda, mais dinheiro injetado na economia local, consumidores com poder de compra, comerciantes desocupando as prateleiras, contratando mais funcionários para atender à demanda (mais gente empregada)... e assim sucessivamente.

"As pós-graduações serão oferecidas já em agosto deste ano. Queremos formar os professores da faculdade aqui mesmo. Já vamos oferecer a primeira pós em Docência do Ensino Superior. Administradores, pedagogos, contadores... todas as pessoas que tiverem uma graduação podem fazer essa pós... quem tiver qualquer graduação e tenha vocação para o Magistério e que queira lecionar na faculdade. Estamos abertos a todos, sem discriminação de raça, credo... somos abertos ao conhecimento", finalizou Paulo Marinho.

Sobre o CESAM (As informações a seguir do Jornal Agora Santa Inês)
O CESAM é uma universidade particular, pertencente ao casal de empresários Paulo Marinho e Márcia Regina Marinho e tem sua origem na cidade de Caxias onde os mesmos são donos da FAI – Faculdade do Vale do Itapecuru – que mantém os cursos de Administração, Direito, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Odontologia e Pedagogia entre outros. É dessa grade de cursos que sairão os que serão implantados no Centro de Ensino Superior da Amazônia, em Santa Inês. O curso de Direito da FAI, por exemplo, integra o seleto grupo de Instituições de Ensino Superior (IES) do país com cursos certificados pelo Guia do Estudante (GE), tradicional publicação da Editora Abril. O Curso de Direito foi certificado com três estrelas. 

O CESAM será construído em um terreno localizado às margens da BR 316, no sentido de Bacabal, quase em frente à revendedora da Ford, a Duvel, cujo terreno foi doado pela prefeitura de Santa Inês, após aprovação da Câmara Municipal em sessão realizada no mês de junho. 
 
E atenção, leitores! O empresário Paulo Marinho afirmou ao Notas do Daniel Aguiar que, assim que o escritório da empresa estiver montado na cidade, começará a receber currículos. O endereço será divulgado pelo blog.



Buriticupu - MPMA aciona ex-prefeito por contratações irregulares

PUBLICIDADE












Durante sua atuação na Comarca de Buriticupu, o Grupo de Promotores Itinerantes (GPI) ingressou, no dia 15 de junho, com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra Antonio Marcos de Oliveira, ex-prefeito do município. A ação foi baseada na contratação irregular de pessoal feita pelo prefeito, em 2008.

De acordo com relatório do Tribunal de Contas do Estado, no exercício financeiro de 2008 o ex-gestor de Buriticupu, mais conhecido como Primo, realizou a contratação de servidores para as secretarias municipais de Educação e Saúde sem concurso público e no período de 180 dias antes do final de seu mandato, o que é proibido por lei.

As contratações foram para cargos de atividades corriqueiras na administração municipal, não estando, portanto, entre as hipóteses previstas em lei para contratação emergencial. Na ação, os promotores de justiça do GPI afirmam que o então prefeito “descumpriu formal e cabalmente os princípios da isonomia e da impessoalidade, estando seu agir motivado por sentimento de promoção pessoal e por inconteste desvio de finalidade”.

Se condenado por improbidade administrativa, Antonio Marcos de Oliveira estará sujeito ao ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar ou receber qualquer benefício do Poder Público, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

CRIME
Além de improbidade administrativa, a conduta de Primo ao contratar irregularmente servidores para atuar na administração municipal também configura crime previsto no artigo 359-G do Código Penal Brasileiro.

Por isso, o GPI também ingressou, na mesma data, com uma Denúncia, na esfera criminal, contra Antonio Marcos de Oliveira. Pelo crime de responsabilidade, o ex-prefeito de Buriticupu pode ser condenado à pena de reclusão por um a quatro anos.

(CCOM-MPMA)

Governo vai ouvir cidadãos do Vale do Pindaré para elaboração do PPA e Orçamento Participativo

Em continuidade à série de escutas territoriais por todo o Maranhão, nesta sexta-feira (3), o Governo do Estado leva as discussões para Santa Inês. As escutas buscam a participação popular na elaboração do Plano Plurianual (PPA) e Orçamento Participativo (OP), através da realização de plenárias onde representantes de instituições da sociedade civil e de órgãos públicos apresentam suas contribuições. Lago da Pedra, no Médio Mearim, também recebe as escutas sexta, 3.

Os encontros estão sendo coordenados pela Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e a Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan). O secretário da Sedihpop, Francisco Gonçalves, explica que a intenção do Governo do Estado é reunir sugestões oriundas dos diferentes pontos do estado, com o principal objetivo de direcionar investimentos, através de demandas regionais, que serão executadas pelo PPA para o período de 2016-2019 e nos orçamentos anuais do mesmo período.

“O Governo do Estado realiza escutas em 15 territórios do estado. A idéia é, a partir dos territórios da cidadania, mobilizar as redes sociais e governamentais que participaram de diferentes processos de mobilização e debates sobre políticas públicas do estado”, explicou Francisco Gonçalves.

As plenárias contemplam 15 territórios: Vale do Mearim; Cerrado do Sul; Baixo Parnaíba; Sertão do Maranhão; Vale do Itapecuru; Baixada Ocidental; Centro Maranhense; Alto Turi Gurupi; Médio Mearim; Vale do Pindaré; Campos e Lagos; e Lençóis e Munim. As escutas são realizadas em cidades-polo.

Nesta  quarta-feira (1°), Zé Doca e Grajaú recebem as Escutas Territoriais. Antes, elas já passaram pelas cidades de Caxias, Bacabal, Chapadinha, Balsas, Colinas, Imperatriz, Itapecuru e Pinheiro. “Optamos em iniciar pelos territórios mais distantes com cidades-polos, estratégias que apresentam melhor acesso e espaço público com estrutura do estado e de parceiros para viabilizar a realização do evento”, informou a secretária de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan), Cynthia Mota Lima.

No território do Vale do Mearim, onde já ocorreu a escuta de Bacabal, no dia 17 de junho, ocorrerá outra, desta vez em Pedreiras, no dia 4 de julho.

O resultado da sistematização das propostas será divulgado na Plataforma de Participação Popular, ferramenta digital que será disponibilizada na página eletrônica do Governo do Estado para possibilitar a interação permanente entre o povo e o poder público estadual. As demandas priorizadas nas escutas serão votadas em plenárias e na Plataforma de Participação Popular.

CALENDÁRIO DAS ESCUTAS TERRITORIAIS 

DATA
CIDADE POLO
TERRITORIO
01/07
Grajaú
Centro Maranhense
Zé Doca
Alto Turi Gurupi
03/07
Lago da pedra
Médio Mearim
Santa Inês
Vale do Pindaré
04/07
Pedreiras
07/07
Viana
Campos e Lagos
10/06
Barreirinhas
Data ainda a ser definida
São Luís
Metropolitano

Santa Inês teve o melhor São João de sua história



Quem esteve presente comprova que este ano o município de Santa Inês registrou o melhor São João de sua história. O Arraial da Gente 2015 aconteceu entre os dias 20 e 27 de junho, com oito noites de um grande público prestigiando as atrações diversificadas, numa variedade cultural inovadora, mas que mantém viva a tradição do bumba-meu-boi.
A ornamentação do local do evento - Parque da Raposa - foi um espetáculo à parte. Além das danças, apresentações artísticas chamaram a atenção dos visitantes não só de Santa Inês, mas de toda a região do Vale do Pindaré e turistas que participam anualmente do São João de Santa Inês.
As oito noites também foram de grande movimentação na economia local, com o comércio de todo tipo de mercadorias da época faturando alto. Na área do Parque da Raposa, barraqueiros e ambulantes em geral não tiveram do que reclamar: todos ficaram satisfeitos com a renda obtida nas noites do Arraial da Gente 2015.
A organização e a segurança foram impecáveis, sem registro de atos de violência, típicos de eventos com grande aglomeração de pessoas. A administração municipal de Santa Inês comemorou o feito e promete que o São João de 2016 será ainda melhor.

Em grande estilo, Noite Foclórica da Bacabeira encerra folguedos juninos em Santa Inês

30 de junho de 2015


A tradicional Noite Folclórica da Bacabeira finalizou nesse domingo (28), pelo 23º ano consecutivo - e com incotestável estilo -, os festejos juninos da cidade de Santa Inês. Uma multidão de brincantes "varou" a noite divertindo-se ao som de sete batalhões de Bumba Meu Boi, Papete e Banda e danças típicas dos folguedos juninos.

Papete e Banda apresentaram o melhor da música maranhense
Tinha tanta gente que, em alguns pontos, era quase impossível passar de um lado para o outro da Rua da Bacabeira ou Morais Rego. Sabendo da aceitação do público e prevendo que dezenas de milhares de pessoas estariam presentes, toda a estrutura física foi adequadamente preparada para receber os brincantes de maneira satisfatória. 
Boi de Orquestra Encanto de São Cristóvão (São Luis) foi uma das atrações da noite
Apresentação do Boi Quadrado empolgou a multidão
Famílias inteiras estiveram presentes. Gente de várias parte do Maranhão, de Manaus, do Pará, Piauí e até de Brasília fizeram questão de participar da festa. A segurança foi cuidadosamente planejada. O plano estratégico elaborado previamente foi seguido e nenhuma ocorrência de grande vulto foi registrada. Policiais militares e seguranças particulares contratados pela organização da Noite Folclórica garantiram noite e madrugada tranquilas.
Segurança reforçada garante tranquilidade do evento
O idealizador do evento, o vereador Orlando Mendes, falou sobre a importância da festa para a cultura popular maranhense. "A Noite Folclórica da Bacabeira é um encontro com a cara do povo maranhense. Estamos ajudando a manter viva a nossa identidade cultural", disse Orlando Mendes.
Orlando Mendes é considerado um dos maiores entusiastas da cultura maranhense
No limiar do dia de São Pedro (29), grupos de Bumba Meu Boi, acompanhados por milhares de pessoas, seguiram em cortejo até a praça da Matriz, no centro da cidade, finalizando a 23ª edição da tradicional Noite Folclórica da Bacabeira.
Secretário Municipal de Cultura de Santa Inês, Carlos Daffé, prestigia Noite Folclórica da
Bacabeira ao lado de amigos

MAIS FOTOS:



























 

PUBLICIDADE

O que você procura?

Carregando...

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags