PUBLICAÇÕES RECENTES

Santa Inês precisa urgentemente de hospital, diz secretário

6 de novembro de 2013






O hospital macrorregional que está sendo construído pelo poder público em Santa Inês, no Vale do Pindaré, tem previsão de inauguração somente para a metade do ano que vem. Enquanto a obra não é concluída, a capacidade do município, que também atende outras cidades da região, fica sobrecarregada.

Nas filas de marcação de consulta, as reclamações são frequentes. São horas de espera para conseguir marcar visita ao médico (veja mais detalhes no vídeo publicado no G1-MA).

Para o secretário municipal de saúde de Santa Inês, Tiago Alves, parte desses problemas é atribuída à falta de investimento em outros municípios. Para ele, Santa Inês precisa urgentemente de um hospital estadual.

Outro problema é falta de serviço de móvel de atendimento na cidade, como o Samu, por exemplo. São apenas três ambulâncias no município, que se revezam entre a transferência de pacientes para São Luís e o atendimentos a casos urgentes.

6 comentários

  1. bom dia seu secretario de saude ,coloquem em paute que nós funcionarios da saude precisamos e ser ouvidos pq nos nao somos burroooooos de carga e nem jumentos para trabalharmos tanto e ganharmos pouquissimos estamos em uma cidade polo..elegemos vcs para haver mudança e nao perseguiçao mais eleiçoes vem bem ai.. so espero que vc resolva nossa situaçao pq gente somos tratados sem humanidade,falo serio

    ResponderExcluir
  2. e que os servidores da saude sejam bem remunerados pq trabalham mais que jumentos

    ResponderExcluir
  3. Essa licitação ja tem ate quem vai ganhar, seria uma cooperativa de propriedade de um primo da Dra. Luana Costa, Primeira Dama de Santa Ines, de nome Glauber Costa e que também é médico e cotado pra ser o proximo Secretario de Saude de Santa Ines. A Primeira Dama e sua irmãs metralhas estão saqueando os cofres publicos municipais.

    ResponderExcluir
  4. Com essa descoberta do grande secretário de saúde é tipico de comemoração ele foi capaz de detectar e enxergar que o nosso município precisa de um hospital estadual e o mais incrível perceber que o nosso problema é falta de investimento, só falhou em uma coisa pra ser perfeito na sua grande descoberta, ele só lembrou dos outros que não estão investindo esqueceu que ele não faz um pequeno gesto pra melhorar a nossa saúde o investimento que faz no bolso. Apesar de Santa Inês ter diminuído mais de 50% o fluxo de paciente de outros municípios circunvizinho pra Santa Inês e a nossa saúde piorou mais de 50%. Agora, mudou é Santa Inês que está mandando paciente para outros municípios, Como: Monção, Lago da Pedra, etc. É isso que chamamos de Mudanças!!!!

    ResponderExcluir
  5. SANTA INES PRECISA PRIMEIRAMENTE É DE UM SECRETÁRIO DE SAÚDE.

    ResponderExcluir
  6. Falava--se em mudança, e não é que mudou mesmo minha gente só cego é quem não ver não tem medico,não tem ambulancia pq as que se ver por ai é alugada.a educação está um caus e miutas e muitas outras coisas,bem feito pra vcskkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags