PUBLICAÇÕES RECENTES

Falta d'água: aumento da frota de caminhões-pipa ameniza mas não resolve

24 de setembro de 2013

Prefeitura disponibiliza mais um caminhão para auxiliar no abastecimento de água em Santa Inês

- Fornecimento diário gira em torno de 300 mil litros d’água

A precariedade no sistema de abastecimento de água por parte da concessionária responsável pelo serviço no município de Santa Inês, a CAEMA, revolta moradores dia após dia. Jovens, idosos e crianças sofrem com o desabastecimento. Falta água para beber, banhar e até para as atividades domésticas básicas, como lavar louças, por exemplo. Vale ressaltar a aparente preocupação da equipe técnica à frente da CAEMA no município, mas é evidente a falta de estrutura e equipamentos para manter a coisa funcionando.

Diante dos transtornos, a prefeitura acaba tomando para si parte da responsabilidade pelo abastecimento de água, buscando amenizar o sofrimento de milhares de famílias. Obrigação moral. Ameniza, mas ainda não resolve.

A atual administração permanece com caminhões-pipa fazendo a distribuição em parte do Centro e vários bairros de Santa Inês.


Para reforçar ainda mais a frota de veículos que fazem a rotina de abastecimento, a prefeitura disponibilizou esta semana mais um caminhão. Um modelo novo com capacidade para 15 mil litros de água. Inclusive, esse veículo juntou-se aos demais no trabalho de controle a um incêndio ocorrido no Centro da cidade.

De acordo com o diretor do Departamento de Águas da Prefeitura de Santa Inês, Gleidson Câmara, esse caminhão junta-se aos demais, que permanecerão fazendo o abastecimento por tempo indeterminado, já que a orientação do prefeito José de Ribamar Costa Alves é de que seja feito o máximo possível para manter a população abastecida de água potável.

Ele explica que o caminhão recém-chegado, juntamente com os outros três já existentes, alternam uma escala pelo Centro da cidade e bairros afetados, distribuindo água de acordo com a necessidade dos moradores. “Um grande número de pessoas passa atualmente pelo problema da falta de água em Santa Inês e isso dificulta o nosso trabalho. Mas contamos com a compreensão da população, pois eles sabem do esforço do prefeito para manter o abastecimento, onde diariamente são distribuídos cerca de 300 mil litros d’água”, diz Gleidson Câmara.

Por outro lado, para por fim a esse desconforto pelo qual passa a população de Santa Inês, a Prefeitura elaborou Projeto de Lei, que já foi aprovado pela Câmara de Vereadores, criando o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), órgão que administrará o serviço de abastecimento no município.

Agora, caro prefeito, tá na hora de fazer o sistema de abastecimento de água funcionar de fato.

Por Notas do Daniel Aguiar
Com informações do Departamento de Comunicação do Gabinete da Prefeitura
Fotos: Carlos Pires

7 comentários

  1. Não resolve mais deixa muita gente idosa com água em casa e não precisam mais carregar o balde na cabeça.

    ResponderExcluir
  2. URRUUUU O nosso blogueiro está de volta. sentimos a sua falta. seja bem vindo de volta

    ResponderExcluir
  3. Só corrigindo o nome do Diretor do departamento de águas é "Gleidson Jean Câmara" e não Glaydson Câmara. Se pudesse corrigir seria bom.

    ResponderExcluir
  4. Quanto deve ter custado esse caminhão. Investiga aí blogueiro pra nós saber

    ResponderExcluir
  5. o blogueiro já foi comprado genteeeeeeee

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags