PUBLICAÇÕES RECENTES

Comerciante de Santa Inês esfaqueado no pescoço passa bem

15 de janeiro de 2014





 Ao contrário do que muita gente espalha pelos quatro cantos de Santa Inês, o comerciante Elismar Castro de Almeida, conhecido como "Mazinho" já está fora de perigo. Mazinho foi atingido por um golpe de faca no pescoço desferido pelo jovem que disse chamar-se Gladson Richard Marinho, 23 anos. A tentativa de homicídio ocorreu no fim da manhã desta quarta-feira (15), quando o comerciante atendia no próprio estabelecimento, localizado no bairro Sabbak, em Santa Inês.


Suspeito preso em flagrante (Foto: Jairo Araújo)
Após a tentativa de assassinato, o suspeito fugiu invandido uma casa nas proximidades do estabelecimento comercial de Mazinho. Policiais militares que passavam pelo local no logo após o crime foram atraídos pela aglomeração de pessoas na porta da residência. Gladson foi preso dentro do banheiro da casa e encaminhado à Delegacia Regional de Santa Inês.

Revoltados, populares cercaram a casa onde o suspeito se escondeu
(Foto: Jairo Araújo)

Mazinho foi levado às pressas ao Hospital Tomaz Martins, onde recebeu atedimento médico. Por volta das 16h desta quarta, familiares decidiram encaminhá-lo a um hospital de São Luis para atendimento especializado. Mazinho, já fora de perigo, foi levado no carro da família para a capital maranhense. Amigos do comerciante afirmam que Mazinho precisou fazer uma pequena cirurgia em um dos braços atingido pela faca (quando tentava se defender dos golpes) e faltava material no Tomaz Martins. A denúncia ainda não foi confirmada.

Faca usada no crime apreendida pela Polícia Militar(Foto: Jairo Araújo)


Mazinho deve estar de volta a Santa Inês nesta quinta-feira, 16.
De acordo com informações apuradas pelo Notas do Daniel Aguiar, o jovem Gladson Richard Marinho sofre de problemas mentais e há dias não toma os medicamentos controlados. Em surto, Gladson teria acreditado que Mazinho não gostava dele e foi saber o porquê. Houve uma pequena discussão e, em seguida, o ataque repentino. Mazinho não conseguiu se defender.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags