PUBLICAÇÕES RECENTES

Pio XII e São Luís Gonzaga recebem projeto “Ler, escrever e pensar”

28 de maio de 2018

O Ministério Público do Maranhão lançou, nesta sexta-feira, 25, nos municípios de Pio XII e São Luís Gonzaga do Maranhão, o projeto “Ler, escrever e pensar – conscientizar para transformar”, que tem o objetivo de despertar a consciência crítica de alunos das redes municipal e estadual de ensino por meio da leitura, tendo como foco o combate à corrupção.
Em Pio XII, o evento foi realizado na Igreja Assembleia de Deus, Centro. Participaram do lançamento autoridades do Ministério Público do Maranhão, do Poder Judiciário, do Executivo municipal e representantes da sociedade civil de Pio XII e Satubinha. Na plateia, estiveram presentes estudantes, professores, gestores e servidores públicos.
Idealizado pela promotora de justiça Maria José Lopes Corrêa, da Comarca de João Lisboa, o projeto “Ler, escrever e pensar” consiste na leitura do livro “Ética e vergonha na cara”, de Mário Sérgio Cortella e Clóvis de Barros Filho, e em um concurso de redação, cuja elaboração deve ser inspirada na obra. Ela explicou que, em parceria com os professores, serão realizadas palestras e debates sobre os males trazidos pela corrupção e as formas de combatê-la. No final, os três melhores textos serão premiados.
O promotor de justiça e diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, Marco Antonio Amorim, representou o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho. Ele destacou que a sociedade brasileira enfrenta desafios em virtude do alto índice de corrupção, onde são desviados, no Brasil, mais de R$ 200 bilhões por ano. “Quantos benefícios poderiam ser feitos em prol do povo se os recursos fossem empregados corretamente?”, questionou.

Também compuseram a mesa solene de abertura o titular da Comarca de Pio XII, promotor de justiça Thiago Lima Aguiar; o prefeito de Pio XII, Carlos Biné; o juiz Felipe Damous; o presidente da Câmara Municipal, vereador Josué Lima; o pastor da Igreja Assembleia de Deus, Raimundo Nonato Oliveira; o presidente da Câmara Municipal de Satubinha, vereador Wilson Fernandes; e a gestora da Unidade Regional de Educação, Maria Zuíla Silva.

No município de São Luiz Gonzaga, o evento aconteceu no Centro Social e Cultural Joab Brito Nascimento. Compuseram a mesa a promotora de justiça titular da comarca, Cristiane dos Santos Donatini; a idealizadora do projeto, a promotora de justiça Maria José Lopes Corrêa, da Comarca de João Lisboa; o presidente da Câmara de Vereadores; representantes da Secretaria Municipal de Educação, da Unidade Regional de Educação e do Conselho Tutelar.
Para a promotora de justiça Cristiane dos Santos Donatini, “inserir São Luís Gonzaga entre as cidades que aderiram ao projeto trouxe vigor aos estudantes. As etapas previstas incluem o trabalho em sala de aula e o livro que será analisado trata de ética. São abordagens muito atuais e que precisam ser discutidas pelos jovens.”
Ao final do evento, a Promotoria de Justiça de São Luís Gonzaga do Maranhão fez a doação, ao município, de cestas básicas e vestimentas. Os materiais foram arrecadados durante a campanha SOS Maranhão – MP Solidário e serão distribuídos para a população pela prefeitura. Em São Luís Gonzaga do Maranhão centenas de famílias foram prejudicadas pelas enchentes. Iniciativa semelhante aconteceu no município de Tuntum.

CCOM-MPMA
Fotos: Ronald Camilo (Cerimonial MPMA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

OPORTUNIDADES

EU LEIO

Tags