PUBLICAÇÕES RECENTES

Mandos e desmandos na Câmara de Vereadores de Monção

10 de abril de 2013

A Câmara de Vereadores do município de Monção parece ter se tornado a verdadeira Casa da Mãe Joana. E os desmandos são orquestrados pelos ditos situacionistas. Estes só não foram informados de que o prefeito Queiroz não é dono do município. É apenas o administrador.

Entenda o caso
O texto abaixo foi publicado no Blog do Geovane Macedo

Uma comissão formada pelos vereadores Marcos Aurélio, Deyvit Araújo, Jonsson Matos e Célio Pereira (Chixola), trava uma luta ferrenha, inclusive na justiça, para terem assegurados direitos já garantidos pela Constituição Federal e pelo Regimento Interno da Câmara de Monção. 

Tudo começou quando o prefeito João Queiroz enviou à Câmara no mês de fevereiro deste ano, dois projetos de lei (001/2013) e (002/2013) que tratam de contratação temporária de pessoal e readequação da máquina administrativa, criando secretarias, departamentos e outros. 

Estes projetos foram enviados para votação da câmara a toque de caixa, sem que houvesse sequer a criação das comissões permanentes, que são órgãos técnicos responsáveis pelo estudo das matérias a serem votadas. Com um voto contra do vereador Deyvit Araújo e as abstenções dos vereadores Marcos Aurélio, Jonsson e Célio Pereira (Chixola), os projetos foram votados e aprovados, pois a bancada governista tem maioria na câmara. 

Os vereadores reclamantes acionaram a justiça e denunciaram o que, segundo eles, é um claro ato de desobediência ao regimento interno da câmara; tanto é que no dia 05 de março de 2013, a Juíza Kariny Pereira Reis concedeu liminar cancelando os efeitos dos referidos Projetos de Lei, entendendo que, da forma que eles foram aprovados, pode representar um grande prejuízo à sociedade monçonense e ao erário público. Com essa decisão da justiça, ficam suspensas todas as contratações por parte da prefeitura de Monção, até que sejam obedecidas todas as normas regimentais. 

Não bastasse isso, a mesma comissão iniciou uma nova luta em busca de informações. Desta vez a solicitação foi de cópias dos editais de licitação 01/2013, 02/2013, e das tomadas de preços 01/2013 e 02/2013, que tratam de contratação de empresa de limpeza pública, locação de veículos, serviços contábeis e jurídicos. 

Mesmo sem que os vereadores tivessem acesso aos editais, todos eles já foram publicados no diário oficial, e até agora a presidente da comissão permanente de licitação, Elza Gomes, não atendeu ao pedido dos quatro vereadores. Mais uma vez os reclamantes procuraram o Ministério Público e aguardam a decisão judicial. 

Quem pensa que a coisa parou por aí, se enganou. Os quatro vereadores da comissão solicitaram ao presidente da casa, o vereador governista Joady Aroucha Rocha, as folhas de pagamento da câmara desde dezembro de 2012 até janeiro de 2013, bem como os balanços relativos aos recebimentos e despesas do mesmo período, em conformidade com a lei orgânica do município, que diz em seu inciso XV, ser dever do presidente da câmara apresentar ao plenário da casa até o dia 15 de cada mês, o balanço relativo aos recursos recebidos e despesas realizadas no mês anterior. E adivinhem, mais uma vez os vereadores oposicionistas Deyvit Araújo, Jonsson Matos, Célio Pereira (Chixola) e o vereador que se denomina independente, Marcos Aurélio, tiveram seus pedidos negados, mas já ingressaram junto ao Ministério Público pedido de acesso a essa documentação para análise completa do seu conteúdo.

A gente aqui fica aguardando o desfecho dessa história.



3 comentários

  1. Parece que os vereadores de Monção estão exercendo suas funções como deve ser, com ética responsabilidade ao contrário dos de Santa Inês que são uns marionetes, incompetente, sem moral e corruptos não sabem nem porque estão vereadores. O que o prefeito quer ele aprova mesmo sem saber o que é mas é aprovado, A única coisa que os interessa é o jabá a grana que recebem na calada da noite. O povo que se dane.

    ResponderExcluir
  2. ao contrário também de Pindaré que somente o vereador mazinho tem coragem de enfrentar oprefeito e seu bando de sangue suga imcompetentes.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, sou do castelo. mas hoje estou morando em Tucuruí no pará.
    e aqui em tucuruí fiquei sabendo que esse vereador presidende da camara, até os ventiladores de uma das escolas do castelo ele velou pra sua residência...
    Fico triste em faber que alguém que deveria está ludando pelos anseios daquela gente sofrida, está apenas se beneficiando do dinheiro público...
    Oportunidade igual há esse que teve jamais terá. será por isso que está agindo assim?

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags