PUBLICAÇÕES RECENTES

OPINIÃO - Autofagia política do grupo Salgado e Colares

6 de janeiro de 2015

A disputa narcisista e canibal (bem mais comum do que se pensa nesse meio) dos "eu te mostro quem tem mais força", "quem ele pensa que é?" e "eu quero a cabeça dele numa bandeja" esfacelou mais um grupo político forte do Vale do Pindaré. 

O grupo formado pelo ex-prefeito de Pindaré-Mirim, Henrique Salgado, derrotado nas eleições de 2012 pela equipe do atual prefeito Walber Furtado, ganhou força pós-eleição e atraiu muitos adeptos insatisfeitos com a atual administração municipal. Inevitavelmente, as atenções estavam direcionadas ao mocinho Alexandre Colares que disputou, voto a voto, o cargo de prefeito nas últimas eleições para tal.

Nesse processo, Henrique Salgado mostrou por A mais B que tem força política dentro e fora de Pindaré. Fez do seu pupilo uma excelente opção para uma possível sucessão da gestão Furtado, conseguindo, inclusive apoio de grandes nomes da política no estado. 
PUBLICIDADE

O jeito humilde e prestativo de ser do médico Alexandre Colares conquistou, definitivamente, os oposicionistas. Um completa o outro. HS é um homem determinado mas, quase sempre, apresenta-se solene, austero e, por vezes sisudo. Colares é mais light, como costumam dizer. Mais maleável, de fácil lida. Enfim, um casal político perfeito.

Recentemente Colares foi apresentado como pré-candidato a prefeito e tinha como pré-vice, a esposa de Henrique, dona Aparecida Salgado.

No entanto, como também ocorre em muitos relacionamentos afetivos, chegou a hora do 'cabo de força'. Cada um puxa de um lado, na tentativa de se reafirmar e mostrar quem manda na parada. Nessa fase do relacionamento ninguém quer ceder um centímetro. O pior dos resultados nem é a separação. É bem mais lamentável o desgaste. O sári arrastado pela medina.

Nesta altura do campeonato, todo babão é um analista político. Todos dizem o que fazer mas, "baixar a cabeça", nunca. Sussurram malevolamente: "deixe que ele vai voltar que nem um cachorrinho, com o rabo entre as pernas'. Ele quem?
Caciques têm no balde. Ninguém quer ser é índio.

Henrique diz que será candidato a prefeito e, se as eleições fossem hoje, disputaria com o ex-pupilo que não abre mão de uma boa disputa política. 

Muita água ainda vai passar sob essa ponte...

Não poderia deixar de parabenizar aqui o prefeito Walber que, depois de 2 anos sendo atacado pelo grupo agora desfeito, soube esperar - pacientemente - a autofagia dos Salgado e Colares.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags