PUBLICAÇÕES RECENTES

Prefeitura de Santa Inês "se finge de morta para não cumprir lei", dispara Neto Hadad

22 de março de 2018


Uma voz rouca surge em defesa do povo de Santa Inês. Se é um vereador? (risos) Não... definitivamente, não é um vereador. 

O jornalista Neto Hadad voltou a falar sobre a Contribuição de Iluminação Pública (CIP) de Santa Inês. Segundo Hadad, a prefeitura arrecada quase meio milhão de reais por mês - de forma indevida - dos moradores de Santa Inês por meio da CIP. Quase 6 milhões de reais por ano... é muita grana. 

Vamos aos fatos:
No dia 25 de novembro de 2016, a Câmara de Vereadores de Santa Inês aprovou o Projeto de Lei nº 023 - de autoria do Executivo Municipal - que dispõe sobre a Redução da Alíquota da Contribuição de Iluminação Publica – CIP. A redução foi de 40%. 
14 meses se passaram e essa lei nunca foi obedecida. Se o morador decidir não pagar os 40% a mais que a prefeitura está cobrando indevidamente (de acordo com a denúncia), a Cemar mete a tesoura. 

Neto Hadad fez um levantamento superficial que revelou o quanto o contribuinte de Santa Inês estaria pagando a mais para a prefeitura mensalmente. Assista ao vídeo abaixo e entenda um pouco mais sobre essa polêmica.

Vale ressaltar que a precariedade na iluminação pública de Santa Inês figura entre as principais reclamações dos moradores do município de Santa Inês.

Agora sim... vamos ao vídeo!








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

OPORTUNIDADES

EU LEIO

Tags