PUBLICAÇÕES RECENTES

Representação do MP contra Valparaíso é nula

15 de março de 2014



Ao que parece, não tem o menor efeito a representação feita pelo Ministério Público do Maranhão, que ajuizou Ação Civil Pública de improbidade administrativa, na última terça-feira (11), contra a empresa Valparaíso Complexo Turístico Ltda.

A titular da 1ª Promotoria de Justiça de Santa Inês, Flávia Valéria Nava Silva, teria equivocado-se por não observar que a doação do terreno de 15 mil m2 para a construção de um parque aquático no município não foi concretizada. Não houve nenhuma transferência de terreno no cartório e nenhum acordo foi firmado com o Executivo Municipal de Santa Inês.

De acordo com informação publicada no Blog do Luis Pablo, a empresa Valparaíso não se interessou pelo terreno doado.

“O terreno está muito acidentado. Seria um gasto muito grande para fazer um parque aquático em uma área que não tem qualidade”, disse George Muniz, representante do Valparaíso.

Portanto, se não houve acordo entre a Prefeitura de Santa Inês e a empresa, a representação do Ministério Público se torna sem efeito.

Ainda no assunto
O vereador Victor Thágore, de Santa Inês, ao publicar no Facebook a notícia de que a representação do MP é nula - considerando o que foi exposto na matéria acima -, foi meio que interpelado por um internauta: "A empresa Valparaíso não se interessou pelo terreno doado e nem pelas quantidades de exigências feitas pela prefeitura. DOA AOS POBRES. TANTA GENTE SEM TETO NA CIDADE".

O vereador respondeu: "(***) vai ser doado sim. na área próxima serão doados 1. 257 lotes a população. aguarde!!"

Uma boa notícia. Agora é acompanhar o desenrolar desse caso para não cair no abismo do esquecimento.


6 comentários

  1. Kkkkkkkkkkkkk
    VIRAM QUE IA DAR MERDA E ARREGARAM KKKKK
    PEITA A JUSTIÇA RIBAMAR KKK VAI BICHIN

    ResponderExcluir
  2. Acontece que os vereadores votaram e o prefeito sancionou a lei .entao o ato foi cometido e o processo vai tramitar normalmente .nao adianta querer desfazer porque a justica entrou no caso

    ResponderExcluir
  3. Essa promotora é uma [***removido por moderador] e [***removido por moderador], o prédio da promogoria foi doado pelo Dr Cabral. E agora, vai devolver, Flavinha? Vc tá a serviço de quem? Será que é de uma certa deputada que emprega no seu gabinete o esposo da corregedora do ministério público? Mistérioooooooooooooooo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Ô HOMI PÔDE ESSE VICTOR TAGORI AFFFFFFFFFF

    ResponderExcluir
  5. No dia que promotor for justica! Promotor é um mero advgado concursado. E essa flavia quer ser é prefeita. Vive inventando moda e querendo atrapalhar a cidade. Adora se meter a ser noticia.

    ResponderExcluir
  6. Deixa os vereadores e o prefeito trabalhar, larguem de perseguição.

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags