PUBLICAÇÕES RECENTES

Santa Inês, Pindaré e Santa Luzia em estado de alerta em relação à dengue

19 de março de 2014



Mesmo fora da lista de estados com maior incidência de casos de dengue, 47 municípios do Maranhão estão em situação de alerta ou situação de risco. Os dados fazem parte do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa), divulgado nessa terça-feira (18), pelo Ministério da Saúde.

Somente sete municípios foram avaliados em situação satisfatória. São eles: Araioses, Arari, Balsas, Barreirinhas, Coroatá, Raposa e Vitória do Mearim.

Em estado de alerta estão os municípios de Santa Inês, Pindaré-Mirim, Açailândia, Alto Alegre do Pindaré, Bacabal, Carolina, Codó, Estreito, Grajaú, Imperatriz, Itapecuru Mirim, Mirador, Miranda do Norte, Paço do Lumiar,  Pinheiro, Rosário, Santa Luzia, São José de Ribamar, São Luís, Tasso, Fragoso, Timon e Viana.

Vinte e quatro cidades figuram na lista de municípios em situação de risco. Amarante do Maranhão, Bom Jesus das Selvas, Itinga do Maranhão, João Lisboa e São Domingos do Maranhão são as mais preocupantes. Mas ainda constam na lista; Alto Alegre do Maranhão, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Buriticupu, Caxias, Chapadinha, Coelho Neto, Colinas, Dom Pedro, Lago da Pedra, Pastos Bons, Presidente Dutra, São João dos Patos, São Mateus do Maranhão, Tuntum, Tutóia, Vargem Grande, Zé Doca, Pedreiras.

Segundo a Agência Saúde, no ano passado foram registrados 889 casos de dengue em todo estado. Cinco pessoas com casos graves e duas morreram. Somente no primeiro bimestre de 2014 foram 329 casos de dengue, 14 pessoas em estado grave.

As informações são do Idifusora


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags