PUBLICAÇÕES RECENTES

Os desafios da Educação em Santa Inês

17 de junho de 2013

secretária de Educação de Santa Inês, Maria da Conceição Sousa Costa (conhecida no município como professora Concita) tem grandes desafios à frente da pasta que assumiu oficialmente no dia 22 de maio deste ano. Merenda escolar, fardamento, regularização do quadro de professores e, por consequência, das aulas, são apenas alguns dos pontos considerados críticos na Educação de Santa Inês. Concita demonstra absoluta conciência dos desafios que tem pela frente. "A luta é grande. Não é fácil. Mas, assumimos compromissados com o desenvolvimento do nosso povo, com Educação de qualidade", disse a secretária durante encontro realizado na última quinta-feira (13), na Câmara de Vereadores de Santa Inês.
Na ocasião, a professora Concita fez uma balanço das primeiras ações à frente da pasta da Educação: "Organizamos a SEMED para pegar o 'norte' desse grande desafio; adquirimos 2 ônibus escolares; atualizamos conselhos desativados como o de Educação, o de alimentação escolar e o do Fundeb; Aderimos aos programas Nacional de Alfabetização e Cidadania (PNAC), Se Liga e Acelera, Mais Educação, entre outros; estamos iniciando a reforma de praticamente todas as escolas municipais. Em 120 dias elas estarão prontas", afirmou a secretária.

Concita mostra-se comprometida com a causa mas, isso ainda não é o bastante. Não foi por incompetência que a ex-secretária Ednaval Alves foi "convidada" a entregar o cargo. Faltou trabalho em grupo. Os companheiros não cantavam no mesmo tom e a dissonância ecoava no gabinete do prefeito Ribamar Alves. Ednalva tentou, mas não foi o suficiente.

Portanto, é essencial que o coletivo esteja envolvido. Lúcia Alves, que também faz parte da equipe responsável pela resolução dos problemas na pasta e pela melhoria da educação municipal, enfim, demonstra está em harmonia com os objetivos da nova gestão comandada por Concita. Lúcia está afinada com os números da Educação municipal. 

Sob o comando dela, um minucioso levantamento foi feito em todas as 27 escolas da zona urbana e 29 da zona rural. "Visitamos uma a uma e identificamos problemas que já estão sendo resolvidos. Matriculamos mais de 1.500 crianças nas creches. Estamos qualificando 177 vigias, 56 merendeiras e 111 zeladores", afirmou Lúcia Alves. 

PONTO A PONTO

Merenda Escolar
Depois dos primeiros meses do ano sem merenda escolar, pais de alunos reclamam da qualidade da merenda distribuída. Um revoltante revezamento de Sopa e biscoito salgado com suco.
De acordo com os nutricionistas da secretaria de Educação, Rafael Gomes e Danielle Tenório, o problema já foi resolvido- pelo menos em parte - nesta segunda-feira, 17.
Segundo Rafael Gomes, responsável técnico da merenda escolar de Santa Inês, R$ 122 mil que caíram na conta da prefeitura em março deste ano para a merenda escolar não eram suficientes para abastecer todas as escolas das zonas urbana e rural. 
"O Conselho de Alimentação Escolar (CAE) não foi renovado. Nós renovamos e o recurso foi liberado. Com esse dinheiro, priorizamos a sede do município. Os fornecedores entregaram os produtos de forma parcelada, primeiro vieram a sopa e a bebida láctea, depois vieram o concentrado de polpa e o biscoito", justificou o nutricionista.

Em maios deste ano os recursos repassados ao município foi de R$ 303 mil. Ainda segundo Rafael Gomes, a partir desta segunda-feira serão abastecidas todas as escolas da sede e da zona rural do município. "Embora os recursos sejam poucos, a intensão é não faltar merenda em nenhuma escola" afirmou

A nutricionista Danielle Tenório disse que em algumas escolas faltam geladeira e/ou freezer - ou estão danificados. Neste caso, produtos frios não podem ser conservados e, portanto, nestas escolas, somente produtos secos serão distribuídos. "Visitamos todas as escolas e fizemos um levantamento. A licitação já foi feita e estamos aguardando a chegada de fogões, geladeiras e freezeres", assegurou a nutricionista.

A remessa esperada para esta segunda-feira é composta, basicamente, de:
Arroz, mingau, risoto, ovo, frango, carne moída, sardinha, leite em pó, biscoito salgado, biscoito tipo rosquinha, flocão de milho, além de temperos e outros produtos.

Uma observação importante: A sopa não vem mais. Por que? Porque foi rejeitada pela maioria dos estudantes que a consumiram.

Regularização do quadro de professores 
Estudantes voltam pra casa mais cedo por falta de professor. De acordo com a secretária de Edeucação, esse problema será resolvido com a nomeação e posse dos concursados. Um acordo fechado entre Munistério Público e Prefeitura prevê a convocação de professores até setembro deste ano.

Fardamento Escolar
A secretária de Educação foi enfática: "A prefeitura não vai doar fardamento este ano.  Ribamar Alves afirmou que no próximo ano todos os alunos da rede municipal receberão uniformes gratuitamente", disse. 

Os pontos apresentados neste texto são apenas alguns dos desafios da nova equipe da Educação de Santa Inês. São pontos considerados críticos e precisam ser solucionados imediatamente para, a partir de então, buscar a melhoria da qualidade educacional de modo geral.

Diante das perspectivas apresentadas pela nova secretária, cabe aos vereadores e à população de Santa Inês acompanhar passo a passo o cumprimento de todos os compromissos firmados. 


22 comentários

  1. PRONTO RESOLVIDO.. AS AULAR VÃO NORMALIZAR APARTI SETEMBRO.. OBAAAAAAA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já se passaran seis messes e ainda não consertaram esses frizers e geladeiras desse governo sem fronteiras?

      Excluir
  2. eita prefeito o povo de santa ines estar te odiando vc nunca mais ganha nem pra veriador

    ResponderExcluir
  3. eu duvido se a concita ficar muito tempo nesse cargo principalmente querendo ser sertinha

    ResponderExcluir
  4. na zona rural tem escola que nunca teve um dia de aula e os diretores que deveriam estar na sala ficam é no portão batendo papo com os vigias isso é uma falta de respeito para com a população

    ResponderExcluir
  5. e os professores contrados que em vez de sair estão é entrado só essa semana entrou dois que conheço

    ResponderExcluir
  6. eu vejo que o prefeito só vai chamar quem ele quer essa justiça é uma vergonha

    ResponderExcluir
  7. dona luana estou esperando por vc meu voto nunca mais vcs ganham

    ResponderExcluir
  8. primeiramente, merenda onde tem? nas escolas do interior nunca chegou um caroço de arroz,,,e cadê a posse do 80 que foram convocados, ja entregaramnova documentação e nada!!!! vai ser quando?é só entrando contratados e nada tempovoado q ue professor só tem a 8ª,e começou trabalha rkkkkkkkkkkkkk ^?o vergonha!!!!!!!!!! cadê a educação?

    ResponderExcluir
  9. vai ser resolvido a falta de professor ja saiu foi outra reconvocação de professores

    ResponderExcluir
  10. É triste o q esta acontecendo. Merenda de qualidade! kkkk... suco de caju!? Educação de qualidade!!! Faltando professores? Cadê a bancada de Brasilia q iria transformar Santa Inês????

    ResponderExcluir
  11. Bem lembrado companheiro anonimo a bancada que pedia voto pra esse prefeito perseguidor cader romario ?cader os outros que iriam liberar recursos pra santa ines crescer?

    ResponderExcluir
  12. Já cortaram a luz da prefeitura, a linha de telefone do conselho tutelas AGORA CORTARAM O TELEFONE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO.KKKK ESSA ADMINISTRAÇÃO É UMA BAGACEIRA, mas claro, não pagam. PALHAÇADA...

    ResponderExcluir
  13. KKKKKK Cdê a mudança? não era esse homem q conhece todos em Brasília p/trazer recursos p/Santa Ines? Ele tava era assistindo, sábado, a abertura da copa das confederações em Brasília. Se *** povo de Santa Inês. Cadê os R$ 9 milhões que o irmão dele levou? á devolveu. KKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  14. Essa matéria é boa por que já deixa o povo sabendo quem é a Lúcia Alves irmã da Dra Luana Costa. Breve ela vai assumir a Secretaria de Educação no lugar da Concita.

    ResponderExcluir
  15. a maioria da população queria ver ele na prefeitura. agora só nos resta viver nesse tormento. quanto tempo vai durar? a população está de olho.

    ResponderExcluir
  16. Nós educadores estamos sem receber o piso salarial o que tornou-se lei desde janeiro...só promessa, todo mês cai na conta...de quem? a do irmão do prefeito, que não foi pouco, foi nas casaa dos milhões. eta governo sem fronteiras...nosso retroativo ele nem pensa em nos repassar, cadê Zuila do sindicato? kkkk está debaixo do suvaco do Riba...e nosso dinheiro do sindicato sendo descontado. publica ai Daniel sobre os milhões, ou vc tem parte dessa babinha

    ResponderExcluir
  17. CONCITA MINHA FILHA TE SAI DISSO KI TU VAI TE FERRAR COM RIBA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  18. Maria da Conceição arreda que vc não vai dar nada. kkkkkkkkkkkkk essa bagunça~vai terminar na cadeia. Vc quer isso pra vc? ah! esqueci vc é farinha dos mesmo saco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. kkkkkkkkkkkkkkkkk eita bagaceira kkkkkkkkkk é o governo sem fronteira meu povo, vc s não entenderam qdo eles falavam que iriam ter mudança, só naum falou q seria pra pior kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  20. na secretaria nao existe nenhuma lucia alves...... presta atençao antes de publicar sr, nem o nome do povo vc sabe...

    ResponderExcluir
  21. bem feito quem mandou votar em ribamar para prefeito?agora aguentakkk

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags