PUBLICAÇÕES RECENTES

Sem ajuda dos governos federal e estadual, Prefeitura de Santa Inês também cancela carnaval 2016

15 de janeiro de 2016


Em Primeira Mão - Santa Inês junta-se ao crescente número de municípios maranhenses que cancelaram a realização do carnaval 2016. Isso mesmo, o "Carnaval da Gente" não será realizado este ano. O anúncio foi feito por meio de Nota de Esclarecimento divulgada nesta sexta-feira (15), pela Assessoria de Comunicação da prefeitura.

Não era de se esperar algo muito diferente. Afinal, não se faz festa sem dinheiro. Ribamar Alves e os prefeitos de Coelho Neto, Matões, Pedreiras, Governador Newton Bello  e outros preferiram não gastar o que não tem e manter as contas em dia.
 
Todos os gestores que cancelaram a Folia de Momo dizem a mesma coisa: os governos Dilma e Dino fecharam as torneiras e os recursos diminuíram drasticamente. Os municípios maranhenses agonizam. Mas, ainda tem prefeitura que vai gastar milhões, afinal o ano é de campanha política e a prioridade para alguns, são os votos e não o equilíbrio financeiro e o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. 

“Sabemos que se trata de uma decisão que não agrada a todos, mas que não restou alternativa. Estamos em um momento delicado com a crise econômica e com a queda nos repasses do FPM com reflexo direto nos municípios. Sabemos da importância do Carnaval, mas o momento é de economizar e priorizar o funcionalismo municipal” justificou Leula Brandão, prefeita de Newton Bello.

O prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PRTB) reuniu-se com a equipe para anunciar a decisão. O prefeito busca garantir dinheiro em caixa para o pagamento dos servidores. Segundo Silva, a realização da festa ficou comprometida por causa da constante queda do FPM e o reflexo direto na gestão, além da total falta de apoio do governo Flávio Dino.

Confira a Nota de Esclarecimento emitida pela Prefeitura de Santa Inês.

"NOTA DE ESCLARECIMENTO

O prefeito de Santa Inês-MA, José de Ribamar Costa Alves, vem a público esclarecer que o Município está suspendendo as atividades carnavalescas 2016. O motivo é a crise nacional pela qual passa o País e a consequente falta de repasses por parte do Governo Federal, assim como do Governo Estadual.

Essa total falta de recursos faz com que o Município suspenda a realização do Carnaval e priorize obrigatoriedades como o cumprimento da folha de pagamento e encargos sociais do funcionalismo; assim como compromissos já assumidos na área da Saúde, Educação e investimentos na qualidade de vida da população.

Santa Inês, 15 de janeiro 2016

José de Ribamar Costa Alves
Prefeito Municipal"

Um comentário

  1. A LRF...é de inteira responsabilidade do gestor. Portanto, cabe a ele decidir em uma vida salutar ao povo de seu município, a quem lhe confiou o voto.

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags