PUBLICAÇÕES RECENTES

Caxias: Médico é morto a facadas durante micareta

7 de junho de 2012




Por Juarez Oliveira*
Do Noca.com.br 

Na madrugada dessa quinta-feira (07), durante a primeira noite da Micaxias 2012 (Carnaval fora de época do município de Caxias, no Maranhão) o médico Edvaldo Daniel, de 29 anos foi assassinado a facadas. O crime aconteceu por volta de 1h da manhã, após uma discussão com um amigo, que gerou uma confusão durante o evento. Após a confusão, uma pessoa interveio na briga e desferiu golpes de faca em Edvaldo.

O médico foi socorrido por uma equipe do Samu e levado para o Hospital Geral de Caxias. De acordo com a equipe que fez o atendimento de Edvaldo, ele recebeu duas perfurações no abdômen e outras duas nas costas.

O médico passou por uma cirurgia, ainda na madrugada, mas no início da manhã ele veio a óbito, por conta das perfurações sofridas.

O autor do crime ainda não foi identificado pela Polícia, que está investigando o caso. Pouco tempo após a briga que resultou na morte de Edvaldo Daniel, a polícia registrou outra confusão, agora na parte exterior do evento, mas que logo foi controlada pela Polícia.

10 comentários

  1. Caxias não tem estrutura de segurança para um evento desde porte, a cidade sofre com a violencia, assaltos, roubos, trocas de tiro em pleno centro da cidade, dentre outros crimes, a cidade esta entregue no aspecto da segurança e este tipo de evento que esta sendo probido nos grandes centros, estimula a violencia, uso de drogas, prostituição e alcoolismo, lamentavel o ocorrido QUEREMOS PAZ EM CAXIAS MA, NÃO A VIOLENCIA, uma grande irresponsabilidade dos organizadores promover um evento deste na cidade... lamentavel

    ResponderExcluir
  2. Foi uma fatalidade. Não podemos culpar a micareta. Ele envolveu-se em uma briga e foi morto. Poderia ter sido em qualquer lugar. Foi triste, mas não vamos politizar essa tragédia.

    ResponderExcluir
  3. O cara coloca um monte de gente junto, vende bebida pra todos eles e pouca segurança... quer o que?

    ResponderExcluir
  4. Poderia ter sido em qualquer lugar, mas foi no Micaxias. Falta segurança suficiente para aquela mutidão. Não deveria ter acontecido se a segurança fosse reforçada. Como é que alguém armado entra no corredor e mata alguém. Poderia ter morrido eu ou alguma das minhas amigas. Nós já não vamos mais. Quero continuar viva.

    ResponderExcluir
  5. nao vamos culpar o eventos, nao e hora de politicagem,tenham mais respeito por esta familia que esta passando por momento muito dificil.

    ResponderExcluir
  6. A EXEMPLO DO MOA QUE FOI UMA VERGONHA MUNDIAL, TUDO QUE SE FAZ NO MARANHÃO NÃO VALE BOSTA, DOIDO QUE VAI PRA UMA GUERRA DESSA, LAMENTAVEL A MORTE DO RAPAZ, PROFISSIONAL MEDICO DE BOBEIRA NUMA ARMADILHA DESSA, SEM SEGURANÇA, MUITOS DROGADOS, BEBADOS, MULHERES FUTEIS, ETC NÃO ERA O LUGAR DELE, CAXIAS ESTA ENTREGUE AS BARATAS, DE PACATA CIDADE VIROU UM CENTRO DE BATALHA, OS ORGANIZADORES TEM CULPA NO CARTORIO, EVENTO DEVIA SER CANCCELADO....

    ResponderExcluir
  7. Caxias, neste aspecto, até parece com a gestão administrativa de Codó.

    Essas festanças são laboratórios de diversos crimes. O Poder público não pode ser responsabilizado.
    A segurança INTEGRAL e INCONDICIONAL destas micaretas tem e devem ser bancadas pelo promovente do evento, JAMAIS pelo erário.
    A nossa polícia deve ficar próxima, mas os custos da segurança e as estratégias devem ser bancadas pelo particular-promotor da festa, o qual deveria contratar empresa LEGALIZADA DE SEGURANÇA PRIVADA.

    Que NOSSO SENHOR JESUS CRISTO dê muita força ao Dr.Edvaldo e a Dr. Alessandra.

    NELSON-Codó-MA

    ResponderExcluir
  8. Estes eventos só interessa p/ os organizadores é em faturar, não estão nem ai p/ segurança dos bricantes que pagão caro pelo abada, ano passado aqui em Santa Inês bateu o recorde de assalto ainda bem q/ não houve morte!!!

    ResponderExcluir
  9. que Deus Ilumini Dr.Edivaldo e Dra.Alessandra so Jessus pode conformar esse casal porque so Deus sabe o que eles estão passando nesse momento de dor êu falo porque estou passando a mesma dor tambem como pai e espero que justiça seja feita não pelos Homens Mais por Deus porque nesse Mundo não tem Justiça e sim injustiça que Deus ABENÇOI A TODOS NÓIS SE DUS É POR NOIS QUEM SERA CONTRA NOIS

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags