PUBLICAÇÕES RECENTES

Chapadinha em Estado de Emergência

24 de janeiro de 2013



Escola do povoado Riacho da Mata
A atual prefeita de Chapadinha, Dulcilene Belezinha, decretou estado de emergência no município devido ao “caos administrativo” ocorrido nos últimos dias da gestão da ex-prefeita Danúbia Carneiro, nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e assistência Social. No decreto publicado dia 18 de janeiro no Diário Oficial do Estado, Belezinha argumenta que houve uma “completa paralisação da administração pública municipal, obrigando o governo a adotar medidas urgentes e especiais para garantir atendimento emergencial nas áreas atingidas”.
Escola Ciriaco de Mesquita - Povoado Capinal
Na área de educação, por exemplo, foram encontradas várias escolas “deterioradas, sem condição de funcionamento e com obras inacabadas”. Na zona rural, “o acesso às unidades escolares é precário, comprometendo o início do ano letivo na data prevista”. Em relação à saúde, o documento também diz que “o atendimento no Hospital das Clínicas de Chapadinha - HAPA teve de ser interrompido por irregularidades em seu contrato e que postos e unidades de saúde estavam paralisados”.

                   Ponte sobre estrada - Povoado Cruz Velha

O decreto Nº 05/2013, que tem duração de 60 dias, aponta ainda outros problemas deixados pela prefeita Danúbia Carneiro nos últimos dias de seu governo: paralisação da coleta de lixo domiciliar, não pagamento de fornecedores, iluminação pública calamitosa e falta de limpeza de ruas e avenidas. Segundo a prefeita Dulcilene Belezinha, a omissão por parte do ex-gestora na continuidade dos serviços públicos essenciais estaria inviabilizando o funcionamento da máquina pública.


Posto de Saúde - Povoado Capinal
(Fotos Japa)

Descaso 
Esse caos administrativo demonstra irresponsabilidade e total falta de compromisso da ex-prefeita Danúbia Carneiro com a população de Chapadinha. É obrigação de qualquer gestor ou gestora que deixa o cargo entregar o município em condições de funcionamento para que o sucessor possa desenvolver seu trabalho. Infelizmente não foi isso que aconteceu na nossa cidade. A medida tomada por Dulcilene Belezinha veio na hora certa. Há informações de que a prefeita também já teria solicitado uma auditoria completa no município. Assim que confirmarmos essa informação, traremos uma matéria completa sobre o assunto (Veja abaixo o decreto na íntegra).

Por: Ivandro Coêlho - Blog Café Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags