PUBLICAÇÕES RECENTES

Deputado sugere que Sousa Neto é "pescador de dinheiro público"

26 de março de 2015


A confusão começou no início desta semana quando o deputado estadual Fernando Furtado atacou o ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad (sogro de Sousa Neto), na tribuna da Assembleia Legislativa. Nesta quinta-feira (26), Sousa Neto rebateu as críticas e foi além... desceu a ripa no colega de parlamento. Neto só não esperava que Furtado fosse golpeá-lo com um Jab (golpe frontal com o punho que está a frente, na guarda) de direita. 

Resumindo... foi mais ou menos assim: irritado com os ataques ao sogro, o deputado estadual Sousa Neto disse que o deputado Fernando Furtado (que representa a Colônia de Pescadores de Pinheiro) "não sabe nem o que é um anzol".

Valente, Furtado reagiu: "eu tenho que dizer ao nobre deputado que eu realmente não sei pescar é dinheiro público para fazer campanha".

Confira abaixo trechos dos discursos dos dois parlamentares, retirados do site da Assembleia Legislativa do Maranhão (Os textos abaixo não foram revisados pelos oradores antes da publicação no site da Assembleia):

Sousa Neto (Tempo dos Blocos):
vem agora aqui um deputado Fernando Furtado que hoje quer fazer parte do Palácio como bobo da corte, porque daqui ele não representa nada. Se para obter alguma vantagem com o governo quer fazer graça aqui no Parlamento, que tenha respeito e tenha moral para chegar aqui. Ele não está aqui porque eu deixei para falar e vou falar depois quando ele estiver aqui. Porque ele diz que “na ausência, ah porque fulano não está aqui na hora de falar”. Pois está aqui, deputado, vou lhe esperar aqui. V. Exa. não se encontra vou esperar V. Exa. chegar para falar na sua frente que V. Exa., como presidente da colônia de pescadores lá de Pinheiro, não sabe nem o que é uma anzol. 

Deputado Fernando Furtado(Tempo dos Blocos):
Eu não estava presente quando fui citado pelo nobre deputado Sousa Neto, quando no uso da palavra fez algumas referências a meu respeito sobre pescar, não pescar, saber pescar, ser o bobo da corte. Infelizmente, o deputado não estava presente ontem e eu fui muito bem claro quando disse que eu nem pedi para o Governador para estar aqui, eu estou aqui nesta Casa representando os trabalhadores da pesca por mérito, eu não tive milhões para gastar com minha campanha, o meu voto veio da base a qual eu represento. E aí tenho que dizer que, se for o caso de saber pescar ou não pescar, eu convidaria o nobre deputado um dia para a gente fazer uma pescaria de litoral, no limite das duzentas milhas, se conseguirmos um barco para pescar, além das duzentas milhas, que é chamada pesca oceânica, vamos lá, não sei se vai aguentar os embalos, os balanços e também convidaria para fazer uma pesca de águas continentais, que são as águas doces, para a gente poder discutir as malhas, os tipos de peixe, discutir apetrechos artesanais que são fabricados pelas pessoas humildes e simples dos rincões desse Estado. Agora, eu tenho que dizer ao nobre deputado que eu realmente não sei pescar é dinheiro público para fazer campanha, eu não precisei do meu pai, a não ser o voto da minha família, mas de pai, de mãe, de irmão para me trazer para cá, eu não precisei, eu vim para cá por mérito. Agora, realmente, pescar recursos públicos, grandes somas para estar aqui, nem comprar voto eu não fiz e não faço!

Sousa Neto (Pequeno expediente)
Importante seria V. Ex.ª trazer um projeto que seja em benefício do povo e não ficar dizendo que não gasta nada com campanha e pelo menos não fazer parte do seguro defeso que V. Ex.ª fazia. Os pescadores que precisam e que são humildes. É isso que eu quero lhe dizer, não é ficar aqui na tribuna ou então no parlamento chegando e falando bobagens que nem V. Ex.ª está falando. Desde segunda-feira, eu não vim por causa da minha filha que está doente e V. Ex.ª ficou falando do ex-secretário, mas sem nenhuma prova. Toda vez que sobe aqui, V. Ex.ª não traz uma prova. Se quiser peça para poder fazer uma indicação, para poder trazê-lo aqui. Isso não é papel de uma pessoa que nem V. Ex.ª é que chegou aqui neste Parlamento, nesta tribuna para ficar subindo e falando besteira. E eu também não tenho medo de V. Ex.ª não. Não tenho medo de V. Ex.ª de jeito nenhum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags