PUBLICAÇÕES RECENTES

Santa Inês - Eleição de conselheiros tutelares pode ser anulada ainda nesta sexta, 23

23 de outubro de 2015


Foi protocolado na tarde da última segunda-feira, dia 19, na sede do CMDCA(Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), o pedido de anulação da eleição do Conselho Tutelar realizada no dia 04 de Outubro deste ano. 

O pedido de impugnação da eleição do Conselho Tutelar é formado por 13 candidatos. Eles solicitam a anulação do pleito e que seja designada nova data para realização da eleição para escolha dos conselheiros tutelares de Santa Inês.

A resposta ao pedido deve sair ainda nesta sexta-feira, por volta das 17h.

Dentre as justificativas apresentadas pelos candidatos estão:

Na maioria das escolas as pessoas chegavam pra votar e voltavam sem exercer seu direito de cidadania, porque não encontrava seu nome na lista. As mesárias não procuravam de forma correta e ainda diziam esse voto não é obrigatorio, portanto muitas pessoas voltavam mesmo com o nome na lista.

• Eleitores da escola Thales Ribeiro do bairro Cutia Pelada chegavam no local e as mesárias diziam que a zona não era lá, levando várias pessoas a desistirem de votar, enquanto outras da mesma zona e seção votavam.

• Na escola Vitorino Freire estava tão desorganizado que foi preciso uma pessoa da comunidade (Maria do Socorro da Conceição Rocha) de forma voluntária de ajudar na procura dos nomes e seções, por que havia várias pessoas deixando de votar. 

• Na escola Coração de Jesus não foi diferente. Várias pessoas que tinham intenção de votar não votaram por falta organização e demoras nas filas e outros que não encontraram seus nomes nas listas.

• Na escola Darcy Ribeiro muitas pessoas que eram analfabetas não puderam votar porque segundo as mesárias as mesmas não tinham conhecimento de como fazer o procedimento, e até mesmo pessoas que apresentaram a CNH como documento de identificação foram impedidas de votar, casos que foram solucionados próximo ao meio dia. Tudo isso porque as mesárias não haviam participado de nenhum treinamento.

• Na escola Horas Alegres, uma eleitora não sabia como fazer para votar, então ela perguntou para a mesária: E agora, como eu faço para votar? - E a mesária respondeu: isso é muito simples, basta você marcar um X no número 14, fato que causou bate boca na sala e revolta em todos que ali estavam, por tamanha falta de respeito. Esse é apenas mais fato pode ser comprovado por várias testemunhas que ali estavam.

O CMDCA é o orgão que detém a competência administrativa para conduzir o processo de escolha e tomar todas as decisões a ele referentes, tendo inclusive o poder de reconhecer a nulidade do certame, caso entenda que houve falhas. Porém, segundo Júlio Rodrigues Humilde, coordenador de campanha de um dos candidatos, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Raniere Moreno Dias Carneiro, afirmou que o CMDCA só realizará nova eleição com ordem judicial. "Então fica a pergunta: e a autonomia do CMDCA?" questionou Júlio Humilde, que finalizou: "O que pedimos é que os membros do conselho analisem a questão e julguem com total imparcialidade sem aceitar nenhum tipo de pressão, de quem quer que seja".

A resposta ao pedido deve sair ainda nesta sexta-feira, por volta das 17h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags