PUBLICAÇÕES RECENTES

Comunidade Quilombola de Santa Inês recebe a visita do projeto "Mais Cultura e Turismo"

4 de novembro de 2015

Railson da Conceição caminha pela comunidade quilombola de Cuba, situada no município de Santa Inês, observando a presença de visitantes animados que chamaram a atenção dos moradores do local, especialmente das crianças. Aos 11 anos de idade, é a primeira vez que a comunidade onde ele nasceu recebe atividades culturais, das quais Railson só tinha ouvido falar pelos livros. “Nunca vi nada disto por aqui”, comentou, enquanto acompanhava a trupe do Centro de Artes Cênicas do Maranhão (Cacem) convidar as pessoas para acompanharem na associação de Moradores, as atrações trazidas pelo projeto “Mais Cultura e Turismo”.
Trupe do Cacem convidam as pessoas para acompanharem as atrações trazidas pelo projeto “Mais Cultura e Turismo”
Realizado pelo Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de Estado de Cultura (Secma) e de Turismo (Setur), o projeto tem entre os objetivos levar a maranhenses como Railson e outros moradores da comunidade quilombola de Cuba a oportunidade de ter contato com a diversidade cultural do Estado. A visita à comunidade de Cuba encerrou a edição do projeto “Mais Cultura e Turismo” em Santa Inês, segunda cidade a receber a visita do projeto que ainda deve percorrer mais 20 municípios até o ano de 2018.

As ações desenvolvidas por este projeto incluem, ainda, a realização de entrevistas que vão abastecer o Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais (SEIIC). Integrantes da equipe, responsável por estas entrevistas, também acompanharam a visita do “Mais Cultura e Turismo” à comunidade de Cuba e colheram o depoimento de lideranças culturais da área. Uma delas é João Barros, comandante do Bumba Meu Boi, “Capricho da União Quilombola”, criado pelos moradores da comunidade.
Nascido na comunidade de Cuba, João Barros é brincante de Bumba Meu Boi desde os 10 anos. Agora, com quase sete décadas de vida, ele chega aos 68 anos vendo pela primeira vez, uma ação do governo estadual, focada na área da cultura, bater à porta da sua casa e visitar a comunidade onde reside. “É muito importante a vinda do Governo do Estado aqui por meio deste projeto, por que mostra que nós estamos sendo valorizados, e isto nunca tinha ocorrido antes. Tenho fé que as coisas devem melhorar e vamos ter mais apoio”, ressaltou.

Jô Brandão, superintendente de Ação e Difusão Cultural da Secma e coordenadora executiva do projeto “Mais Cultura e Turismo”, conversou com os moradores da comunidade de "Cuba" sobre a necessidade de serem reformuladas as estratégias de atuação do poder público, notadamente na área do incentivo a Cultura, junto às comunidades quilombolas que necessitam ter um tratamento diferenciado que facilite a efetivação destas ações. “É preciso atentar para as particularidades das comunidades quilombolas e buscar mecanismos de fomento a produção cultural, adequados à realidade destas comunidades”, ponderou.

A comunidade de Cuba já possui a certificação emitida pelo governo federal através da Fundação Palmares. Esta certificação é considerada pelos moradores de Cuba, uma conquista importante, pois representa o reconhecimento por parte do poder público de que a comunidade é remanescente de quilombo, além de garantir o acesso às políticas públicas, dentre elas, a de fomento a produção cultural.

Durante a visita, os moradores da comunidade de Cuba assistiram apresentações teatrais, e também oficina de contação de histórias dedicada às crianças, além de outras atividades realizadas pelo projeto “Mais Cultura e Turismo”, que foram levadas até o local. A próxima edição do projeto, que, também, pretende descentralizar as ações do Governo do Estado na área cultural, deve ocorrer em novembro na cidade de Chapadinha.

Fonte/Secma
Fotos/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags