PUBLICAÇÕES RECENTES

Santa Inês - Escolas municipais na luta contra a poluição ambiental

4 de novembro de 2015





Desde o ano passado, a Secretaria Municipal de Educação de Santa Inês desenvolve na rede municipal de ensino projetos voltados para a educação ambiental e sustentabilidade. Na zona rural, duas escolas são destaque através de trabalhos executados em sala e na prática junto às comunidades locais.

No ano passado, alunos da Escola Municipal Ruy Barbosa, no povoado Bela Vista (conhecido também como Muriçoca), desenvolveram o projeto “Vamos cuidar do nosso povoado com escolas sustentáveis”, onde o aluno Emerson Gama foi destaque em nível estadual e nacional, participando de conferências sobre o meio ambiente.
O projeto consistiu principalmente na coleta seletiva e destinação correta do lixo. Além disso, os alunos se reuniram em mutirão e realizaram a limpeza de ruas, córregos, igarapés, bueiros. Durante o trabalho, o alunado desenvolveu campanhas educativas para a comunidade do povoado.

CAMPO NOVO
No povoado Campo Novo, os alunos da escola Princesa Isabel desenvolvem projeto semelhante, sob o título “Meio Ambiente e Sustentabilidade – por um ambiente mais saudável em Campo Novo”, contando com o envolvimento também dos educadores da escola.

De acordo com Roziane Lopes de Santana, diretora da escola, o projeto partiu da ideia de mudar a realidade das condições ambientais do povoado Campo Novo, onde os educadores trabalharam o conteúdo em sala de aula. “A partir daí, convidamos a comunidade para uma reunião, onde foram mostrados dados sobre o povoado, como poluição dos lagos, desperdício de agua potável e muito lixo acumulado nas ruas”, disse a diretora.

A partir dessa conscientização, escola, alunos e comunidade iniciaram os mutirões de limpeza, onde foi retirada grande quantidade de lixo e entulhos das ruas, córregos e do lago que já foi o principal balneário da localidade. “É possível observar que muita gente já sabe do cuidado que se deve ter e o objetivo é conscientizar ainda mais a população”, ressalta a diretora.
O morador Raimundo Aguiar diz que é importante a participação de todos, já que o povoado é da comunidade. “Cito aqui o caso do desperdício da água, já que muitos não estão tendo o cuidado de economizar. Devemos saber que água é um bem precioso para nós e para nossos filhos. Esse projeto da escola veio para mostrar os benefícios e fazer com que a comunidade dê valor ao que a natureza deu para a gente”, disse Raimundo.
O professor Geraldo Barbosa alertou os moradores sobre a importância da preservação. “Destaco a situação do Lago da Porta, que já foi rico em peixe e oferecia balneabilidade para nossa comunidade e hoje encontra-se em situação precária devido a falta de cuidado. Por isso, fica o alerta para que todos cuidem dos recursos hídricos. Observo também que todos evitem jogar lixo em qualquer local, que faça a seleção do seu lixo e dê a destinação correta”, disse o professor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags