PUBLICAÇÕES RECENTES

Assentada de Igarapé do Meio concorre a vaga em Turma Especial de Veterinária no RS

30 de março de 2013

Ministério do Desenvolvimento Agrário

90 candidatos participam da segunda etapa do processo seletivo para mais uma Turma Especial de Medicina Veterinária. O curso é uma parceria entre a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do estado (Incra/RS), por meio do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). O processo de seleção terminou no fim desta semana e o resultado com os nomes dos 60 aprovados deve sair nos próximos dias.

Os vestibulandos vieram de assentamentos de 10 estados brasileiros (MT, PR, MA, SC, RS, TO, MS, RO, GO, SP) e passaram, em fevereiro, por provas de Português, Redação e Matemática, de caráter eliminatório. Os classificados foram chamados e estão, desde o dia 11 de março, participando da segunda fase, que inclui 18 dias de estudos, avaliações e vivências, com 120 horas de aulas de disciplinas como Ciências (matemática, física, química e biologia), História da Agricultura e Princípios e Fundamentos da Agroecologia. A etapa ocorre no Instituto de Educação de Josué de Castro, localizado em Veranópolis(RS).


“Tá puxado, mas é muito gratificante”, garante Maria Ecicleude do Nascimento Almeida, de 29 anos. Há 24 anos no assentamento Diamante Negro Jutaí, município de Igarapé do Meio (MA), ela viu no curso de Medicina Veterinária a chance de unir os estudos e o gosto pelo cuidado com os animais. “Estamos no campo para trabalhar e para estudar. Queremos desmistificar a ideia de que só quem se forma é filho de fazendeiro.”

No assentamento de Maria Ecicleude tem muitas famílias que criam gado para corte. Ela – que há cerca de quatro anos tem com o marido e o filho seu lote próprio –, planta arroz, milho, hortaliças, pepino, quiabo, maxixe, melancia e maneja, junto com os pais e os sete irmãos, o gado da família. O sonho é trabalhar com abelhas.

Do Maranhão, foram 12 candidatos. Seis passaram para a segunda etapa. O frio da semana passada na serra gaúcha não esmoreceu os alunos: “dá para acostumar. O sacrifício vale a pena!”, garante Maria.

Esta será a segunda Turma Especial de Medicina Veterinária na UFPel via Pronera. A primeira iniciou os estudos em 2011.

Do Portal do Desenvolvimento Agrário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags