PUBLICAÇÕES RECENTES

Municípios do Vale do Pindaré e da Baixada Maranhense aderem ao Programa Nacional de Educação Empreendedora

9 de fevereiro de 2018


Dois municípios da Baixada Maranhense e três do Vale do Pindaré, aderiram ao Programa Nacional de Educação Empreendedora, conduzido pelo Sebrae e irão implantar a metodologia do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) em suas escolas da rede municipal de ensino.

A assinatura do Termo de Compromisso, firmado entre o Sebrae Maranhão e as prefeituras municipais, ocorreu na última terça-feira (06), no auditório da Unidade Regional do Sebrae em Santa Inês e contou com a presença do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão e presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez, do diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, prefeitos municipais e secretários dos cinco municípios envolvidos, além da equipe técnica da regional do Sebrae em Santa Inês, liderada pelo gerente regional Wamberg Amaral.

“O empreendedorismo é uma preocupação do Sebrae e o JEPP é um programa que está inserido nas parcerias com o poder público, para o desenvolvimento dos municípios. Essa parceria com a prefeituras desses cinco municípios vai possibilitar que o Sebrae leve a cultura empreendedora para dentro da sala de aula. Quero agradecer aos prefeitos desses municípios que aderiram a este programa, que é de uma magnitude expressiva e que trará ótimos resultados para essas localidades”, enfatizou o presidente Edilson Baldez.

Na ocasião, o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, que tem sido o articulador junto aos gestores municipais, levando a conscientização da importância da inclusão do empreendedorismo na grade de ensino escolar, explicou pontos estruturantes da metodologia adotada pelo JEPP. “A metodologia do Programa JEPP inicia com a capacitação dos professores para que eles transmitam o conteúdo das noções básicas do empreendedorismo para seus alunos e estes, posteriormente, apliquem esse conhecimento ao longo de suas vidas e se tornem empreendedores de sucesso”, pontuou o superintendente João Martins.

Na ocasião, os prefeitos e representantes dos municípios destacaram a importância da implantação do JEPP nas escolas da rede pública de ensino. Para a prefeita de Matinha, Linielda Cunha, essa será mais uma ação que reforça a parceria já existente com o Sebrae. “Nossa parceria com o Sebrae em outros ações tem sido muito positiva e temos certeza que o JEPP repetirá esse sucesso, agora ensinando nossos alunos a desenvolverem habilidades empreendedoras, o que será muito significativo para suas vidas e para o desenvolvimento de nosso município também”, ressaltou a prefeita Linielda Cunha.

A capacitação dos professores para aplicação da metodologia em Santa Inês já está em andamento durante toda essa semana, na Escola Municipal Tomaz de Aquino Bringel. Estão sendo capacitados 30 educadores, que trabalharão o JEPP com cerca de mil alunos do município.

“Após a capacitação dos professores, todo esse conteúdo será colocado em prática nas unidades escolares de Santa Inês, inclusive oferecendo um material didático específico para cada ano em que o aluno está cursando. Nesse sentido, o Sebrae cumpre com sua missão de contribuir para a construção de um novo perfil de estudante, com outro olhar no futuro”, reforçou o gerente regional do Sebrae em Santa Inês, Wamberg Amaral.

Para a assinatura do Termo de Compromisso estiveram presentes à solenidade, o secretário municipal de Produção e Abastecimento do município de Arari, José Luís Ribeiro, que na ocasião representou o prefeito Djalma Melo, a prefeita de Matinha, Linielda Nunes Cunha, a prefeita de Santa Inês, Maria Vianey Pinheiro Bringel, a prefeita de Santa Luzia, Francilene Paixão Queiroz e a secretária municipal de Educação de Pindaré-Mirim, 
Maria de Nazaré da Silva Costa, representando o prefeito Henrique Salgado.

COMO FUNCIONA O JEPP
O Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) é composto por nove cursos que abordam as temáticas: O mundo das ervas aromáticas (1º ano no Ensino Fundamental), Temperos naturais (2º ano do Ensino Fundamental), Oficina de brinquedos ecológicos (3º ano do Ensino Fundamental ), Locadora de produtos (4º ano do Ensino Fundamental), Sabores de cores (5º ano do Ensino Fundamental), Ecopapelaria (6º ano do Ensino Fundamental ),Artesanato sustentável (7º ano do Ensino Fundamental), Empreendedorismo social (8º ano do Ensino Fundamental), Novas ideias, grandes negócios (9º ano do Ensino Fundamental).

Com a proposta pedagógica do JEPP para cada ano do ensino fundamental, por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovação e empreendedorismo, mesmo em situações desafiadoras.
No Maranhão, a implantação da Educação Empreendedora em diversos municípios do
estado, é resultado de uma articulação da diretoria executiva do Sebrae Maranhão,
por meio do diretor superintendente, João Martins, junto às prefeituras municipais, 
com a execução das unidades regionais do Sebrae. Em Arari, Matinha, Santa Inês,
Santa Luzia e Pindaré-Mirim, as ações serão conduzidas pela unidade regional do Sebrae em Santa Inês.


(Sebrae)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

OPORTUNIDADES

EU LEIO

Tags