PUBLICAÇÕES RECENTES

Assim é que se faz! Programas implantados pela prefeitura injetam mais de R$ 2 milhões na economia de Santa Inês

8 de julho de 2015

Programas implantados pela Prefeitura atendem a agricultura familiar



A região do Vale do Pindaré também é conhecida pela variedade e abundância de produtos cultivados em pequenas lavouras. Porém, as famílias produtoras enfrentaram muitas dificuldades para escoar e/ou comercializar o que plantavam. Muitas desistiram da atividade e tiveram de encarar a vida na área urbana na cidade.

Mas, a partir do ano de 2013, esse panorama vem mudando e os pequenos agricultores de Santa Inês comemoram as oportunidades proporcionadas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que foram implantados no município através da Prefeitura de Santa Inês.

Esses programas federais permitem que as famílias agricultoras plantem, colham e comercializem sua produção com destino certo, tendo como cliente a Prefeitura de Santa Inês, que adquire dos produtores cadastrados e abastece escolas e outras entidades beneficiadas com os programas, gerando uma renda significativa para essas famílias.

Prefeito Ribamar Alves visita produtores beneficiados
O prefeito Ribamar Alves diz que assumiu o compromisso com as famílias produtoras durante sua campanha e implantou o PAA e Pnae no município, uma ação que se destaca no setor da agricultura, servindo inclusive de modelo para municípios vizinhos e de outros estados.
Atualmente, os programas adquirem cerca de 30 itens entre verduras, frutas, hortaliças, legumes, peixe e também doces e frangos, produtos para os quais o Executivo de Santa Inês capacitou e fomentou a produção através de cursos e construção de aviários, com fornecimento dos pintos e assistência técnica para a criação.

PNAE
O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) começou a funcionar em Santa Inês no ano de 2013, graças ao empenho da administração municipal, após o prefeito Ribamar Alves montar uma equipe que fez funcionar a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Piscicultura.

Em agosto daquele ano, foi assinado o primeiro convênio com o Pnae, destinando recursos da ordem de 320 mil reais, beneficiando 40 famílias cadastradas. Já em 2014, o programa se estendeu a 60 produtores, trazendo para a economia de Santa Inês o montante de R$ 540.000,00.
Este ano, o Pnae atende a 80 produtores familiares e até dezembro movimentará cerca de 1 milhão de reais. Esses números foram repassados pela coordenadora dos programas em Santa Inês, Cristyane Larissa Artioli, que pertence à equipe chefiada pelo secretário municipal de Agricultura, Fabrício Morais Filho.

PAA
Com relação ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a Secretaria Municipal de Agricultura informa que o projeto atendeu entre maio do ano passado e abril deste ano, a 60 produtores, movimentando na economia local R$ 360.000,00.

A Prefeitura já renovou o convênio e a partir do próximo mês (agosto) 95 famílias estarão sendo beneficiadas com a comercialização de sua produção, o que vai render para o município o montante de 612 mil reais.

Resumindo, juntos, o Pnae e PAA já asseguraram a movimentação de R$ 2 milhões e 827 mil na economia de Santa Inês.

AGRICULTORES COMEMORAM
As famílias atendidas comemoram e agradecem pela vinda dos programas, uma renda certa que já fez muitos melhorarem de vida. Eles plantam, cultivam, colhem, criam e transportam com satisfação, na certeza de que sua produção tem destinação certa e lucro garantido.

ACOMPANHE ALGUNS RELATOS

Jessé do Juçaral – O produtor diz que a vinda do PAA e Pnae melhorou em muito a vida das pessoas cadastradas. Ele foi beneficiado com o aviário. “A gente só tem a agradecer ao gestor pela implantação desses programas. Nossa produção foi toda vendida para Prefeitura”.



Veronice – A pequena produtora Veronice mora no povoado Juçaral do Capistrano. Ela afirma que está valendo a pena fornecer para os programas: “Nossa vida mudou muito. Hoje podemos fazer despesa sabendo que temos como pagar, pois a venda da nossa produção é certa”, disse a produtora.

Silvamar – Também moradora do Juçaral do Capistrano, Silvamar também se sente muito satisfeita por estar participando dos programas. “Foi através do incentivo da Prefeitura que começamos a produzir e hoje nossa vida melhorou e muito, pois com a venda de nossa produção nossa renda é certa”.


Neres Alves Cruz é outra que só contabiliza felicidade: “Minha renda melhorou, porque é um ganho certo. Forneço para a prefeitura e recebo tudo certinho. Só tenho que agradecer ao gestor Ribamar Alves pela implantação desses programas em nossa cidade”.


Jessilene Rosa da Silva Reis: “Pra mim é muito satisfatório participar desses projetos da agricultura familiar, pois comercializo frango, hortaliça, além de receber assistência e acompanhamento. Vendemos tudo que produzimos e recebemos em dia”.



Maria de Lourdes Ferreira de Almeida – produtora de doces, diz que o treinamento que receberam da Prefeitura foi muito importante, pois todos estão trabalhando com produtos que antes eram desperdiçados e que agora estão gerando renda para as famílias atendidas pelos programas. “É muito importante o incentivo da Prefeitura. Deus abençoe a gestão Ribamar Alves, por essa oportunidade. Esse realmente é o governo que trabalha para a gente”, diz dona Maria.

Silvestre da Silva – agricultor familiar da comunidade Palmora: “Eu vivo da produção de hortaliças. Graças a Deus hoje tenho onde entregar a produção que antes não sabia nem onde vender. Fico muito agradecido ao nosso gestor. Esse programa contribuiu bastante para a vida das nossas famílias. Digo com certeza que este prefeito é um administrador que está olhando para quem produz”, resume o produtor.

Raimundo Ferreira da Conceição (o Valdir): “Atualmente não tem aquela coisa de você sair quatro horas da manhã sem saber se ia vender ou não seu produto. Isso acabou. Nós temos o destino certo de nossa produção. O dinheiro é certo, sem risco. Agradeço muito o prefeito Ribamar Alves, porque antes não tínhamos essa atenção que hoje recebemos para o agricultor familiar”.

Texto: Magno Lima. 
Fotos: Decom/Santa Inês

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags