PUBLICAÇÕES RECENTES

Santa Inês: polo educacional e de saúde

1 de julho de 2015



Para desespero de dois ou três pseudo-políticos da região e um punhado de simpatizantes do "quanto pior melhor", saiu do campo das especulações e já é uma realidade a implantação de cursos superiores há muitos anos 'chorados' por estudantes de Santa Inês e região. Direito, Engenharia Civil, Odontologia, Fisioterapia, Nutrição e outros serão oferecidos na capital do Vale do Pindaré já no início de 2016. Isso mesmo! O primeiro vestibular do Centro de Ensino Superior da Amanzônia (CESAM), possivelmente com vagas também para Medicina, está previsto para janeiro do próximo ano.

Este é mais um exemplo de êxito em parceria firmada pelo prefeito Ribamar Alves que, certamente, mudará os rumos educacionais, sociais e de saúde do Centro-Oeste Maranhense. 
"Iremos protocolar junto ao MEC, inicialmente, o pedido para autorização de 8 cursos: Direito, Administração, Pedagogia, Nutrição, Fisioterapia, Odontologia, Engenharia de Produção, Engenharia Civil e vamos concorrer ao curso de Medicina", assegurou ao Notas do Daniel Aguiar o empresário Paulo Marinho.

Estrategicamente muito bem posicionado, geograficamente, não foi preciso mais do que vontade de ver Santa Inês continuar crescendo e competência na gestão pública, para o prefeito convencer o casal de empresários Paulo e Márcia Marinho, de que o Vale do Pindaré tem potencial para investimentos dessa envergadura. O município, então, doou o terreno, a Câmara aprovou e as máquinas já devem começar a trabalhar em, no máximo, 10 dias.

"Essa parceria Executivo, Legislativo, faculdade e o povo de Santa Inês já deu certo. Nossa cidade está sendo contemplada com esses cursos e estamos todos de parabéns. Lutamos sempre por uma cidade melhor", reiterou o chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Dimison Guimarães dos Santos.
Chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Dimison dos Santos
parabeniza a população
Em audiência pública realizada na noite dessa terça-feira (30), na Câmara de Vereadores de Santa Inês, o casal de empresários esclareu eventuais dúvidas de parlamentares, secretários municipais e moradores sobre o funcionamento da faculdade particular. 
Todos saíram satisfeitos com o que ouviram.

"Nunca mais os filhos precisarão sair de perto dos pais em busca de um curso superior pelo Brasil a fora. Santa Inês está de parabéns por mais essa vitória!", comemorou o vereador Enfermeiro Victor.
Vereador Enfermeiro Victor comemora a conquista
A mensagem de Victor foi repetida, com algumas variações, pelos demais parlamentares que usaram a tribuna. 

"Nós acreditamos que foi uma escolha acertadíssima, a questão da universidade pra Santa inês. Há muito tempo eu digo que Santa Inês tem potencial para ser pólo educacional e de saúde, principalmente com a chegada do hospital macrorregional e o curso de Medicina", afimou o presidente do Lions Clube de Santa Inês, Lindenberg Braga.
Lindenberg Braga, presidente do Lions Clube de Santa Inês
Sobre a mão de obra a ser absorvida durante a construção do prédio e após a inauguração do CESAM, Paulo Marinho foi objetivo: "Vamos priorizar a mão de obra local. Desde a terraplanagem até a contratação de educadores que lecionarão na faculdade"
Neste caso, estamos falando de centenas de empregos diretos e indiretos que beneficiarão a população do município. Que significa dizer, ainda, mais dinheiro injetado na economia local, consumidores com poder de compra, comerciantes desocupando as prateleiras, contratando mais funcionários para atender à demanda (mais gente empregada)... e assim sucessivamente.

"As pós-graduações serão oferecidas já em agosto deste ano. Queremos formar os professores da faculdade aqui mesmo. Já vamos oferecer a primeira pós em Docência do Ensino Superior. Administradores, pedagogos, contadores... todas as pessoas que tiverem uma graduação podem fazer essa pós... quem tiver qualquer graduação e tenha vocação para o Magistério e que queira lecionar na faculdade. Estamos abertos a todos, sem discriminação de raça, credo... somos abertos ao conhecimento", finalizou Paulo Marinho.

Sobre o CESAM (As informações a seguir do Jornal Agora Santa Inês)
O CESAM é uma universidade particular, pertencente ao casal de empresários Paulo Marinho e Márcia Regina Marinho e tem sua origem na cidade de Caxias onde os mesmos são donos da FAI – Faculdade do Vale do Itapecuru – que mantém os cursos de Administração, Direito, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Odontologia e Pedagogia entre outros. É dessa grade de cursos que sairão os que serão implantados no Centro de Ensino Superior da Amazônia, em Santa Inês. O curso de Direito da FAI, por exemplo, integra o seleto grupo de Instituições de Ensino Superior (IES) do país com cursos certificados pelo Guia do Estudante (GE), tradicional publicação da Editora Abril. O Curso de Direito foi certificado com três estrelas. 

O CESAM será construído em um terreno localizado às margens da BR 316, no sentido de Bacabal, quase em frente à revendedora da Ford, a Duvel, cujo terreno foi doado pela prefeitura de Santa Inês, após aprovação da Câmara Municipal em sessão realizada no mês de junho. 
 
E atenção, leitores! O empresário Paulo Marinho afirmou ao Notas do Daniel Aguiar que, assim que o escritório da empresa estiver montado na cidade, começará a receber currículos. O endereço será divulgado pelo blog.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags