PUBLICAÇÕES RECENTES

Empresas atendidas pela regional do Sebrae em Santa Inês aderem à gestão da inovação

28 de agosto de 2013





Trinta e seis empresas das cadeias produtivas da Construção Civil, Varejo Têxtil e Vestuário, Saúde e Prestação de Serviços, atendidas pela regional do Sebrae em Santa Inês já aderiram ao Projeto ALI – Agentes Locais de Inovação, desenvolvido pela instituição para acompanhar pequenos empresários na prática da gestão de inovação.

A ideia é sensibilizar empreendedores e empresários sobre a importância de inovar, rotineiramente, como uma estratégia para crescer. De acordo com o gerente do Sebrae Santa Inês, a meta é atender até 50 empresas dentre os 36 municípios atendidos pela regional. O atendimento do ALI é individual, personalizado e totalmente subsidiado pelo Sebrae. Para participar, a empresa precisa ter no mínimo dois anos no mercado, estar em plena atividade, ter disponibilidade em atender o agente e implementar as ações sugeridas pel Sebrae.

Após a empresa assinar o termo de adesão ao projeto, o ALI realiza um diagnóstico e mensura o grau de gestão de inovação da empresa, respeitando sempre a vontade do empresário e a sua situação no mercado. Depois dessa fase inicial, o agente, juntamente com um consultor especialista, realiza um plano de ação com sugestões de melhorias para serem aplicadas na empresa com objetivo de aumentar o grau de inovação, tornando-a mais dinâmica, lucrativa e sustentável no mercado.


Atendendo a demanda das empresas que aderiram ao programa na regional, no último dia 15, o Sebrae Santa Inês deu início às consultorias de gestão financeira, prosseguindo com este trabalho até o próximo dia 31. A consultora Antônia Santana explica que a ação busca promover conhecimento e a melhoria do controle da gestão financeira.

“Através da aplicação de ferramentas que auxiliam os empresários na tomada de decisão para destinação de recursos, para a diminuição da margem de erro ao fazer as compras e a formação dos índices de desempenho econômico do negócio é possível realizar o acompanhamento da situação financeira da empresa a qualquer momento, em geral, utilizando um software de gestão”, destaca a consultora.

De acordo com a ALI Luciana Xavier, os empreendedores participantes do programa tem percebido que as ações são para melhoria da empresa e se mostram abertos às mudanças propostas. “Eles estão se conscientizando que é importante promover inovações para se manter forte e competitivo no mercado empresarial” conclui Luciana.

Satisfeito com os resultados, o empresário Godofredo Júnior, que trabalha no ramo de venda de materiais de construção, reconhece a importância do trabalho. “Chega um momento que a empresa cresce muito e nesse momento precisamos perceber que não é mais possível realizar tudo sozinho”, conta o empresário. “Fica muito difícil fazer o controle como antes, surge a necessidade de inovar e adotar melhorias para se consolidar no mercado”, avalia Godofredo.

O Programa Agente Local de Inovação - ALI é uma iniciativa do Sebrae Nacional com a parceria do CNPq- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico para a promoção da inovação nas pequenas empresas.

Por Gilciléa Marques - Sebrae/Santa Inês

Um comentário

  1. Parece uma boa iniciativa vamos ver se isso vai funcionar na prática porque nós consumidores sofremos no comercio de Santa Inês.

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags