PUBLICAÇÕES RECENTES

"Santa Inês teve avanço fantástico", diz ministro e presidente do IPEA

8 de agosto de 2013

Por Edmilson Sanches
O município de Santa Inês foi destaque em entrevista do Ministro interino de Assuntos Estratégicos Marcelo Neri, que é doutor em Economia, presidente do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV, Rio de Janeiro). Segundo o ministro, “Santa Inês teve um avanço fantástico”.


A declaração foi dada dia 30 de julho deste ano durante entrevista ao programa “Entre Aspas”, do canal pago GloboNews, da Rede Globo. O ministro debatia ao vivo, juntamente com outro economista e professor da FGV, André Portela, os dados do “Relatório de Desenvolvimento Humano 2013” da ONU (Organização das Nações Unidas). O Relatório mostra a qualidade de vida dos 5.565 municípios do Brasil e a evolução dos indicadores de educação, longevidade (expectativa de vida) e renda, que formam o IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano dos municípios).

Ao comentar sobre a situação do estado do Maranhão, em resposta a uma pergunta da jornalista Mônica Waldvogel, apresentadora do programa, o ministro Marcelo Neri fez uma única ressalva, diante do quadro geral de baixo desenvolvimento que, segundo a apresentadora, o Maranhão apresentava em relação aos demais estados. Marcelo Neri disse que “um município, Santa Inês, teve um avanço fantástico”.

O IDH DE SANTA INÊS – O “Relatório de Desenvolvimento Humano 2013” mostra que Santa Inês está classificada como município de “médio desenvolvimento”. Seu IDH geral é 0,674 (em 2000, era 0,671). Bacabal (MA), por exemplo, é 0,651; Caxias, 0,624. Em todo o país, o melhor IDH é o do município de São Caetano do Sul (São Paulo), que, com índice 0,862, é considerado município de “muito alto desenvolvimento humano”. Melgaço, no Pará, é o município com o pior índice: 0,418, que o coloca como “muito baixo desenvolvimento humano”.

O IDH geral de Santa Inês foi composto pelos IDHs setoriais de Educação (0,615), Renda (0,633) e de Longevidade, que contribuiu com o maior dos três indicadores: 0,753. A expectativa de vida do santa-inesense é de 72 anos. Até os 18 anos de idade a média de anos de estudo é de 10 anos.

O IDH – O Índice de Desenvolvimento Humano é o indicador da ONU válido em todo o mundo, que dá uma espécie de “nota” para países, estados e municípios. Existe desde a década de 1990 e é divulgado anualmente para países e de 10 em 10 anos para municípios. Portanto, os últimos dados divulgados municipais e que estão sendo noticiados e debatidos na Imprensa com o nome “Relatório de Desenvolvimento Humano 2013” dizem respeito ao ano 2010. O atual conceito dos componentes do IDH-M considera três dimensões para o cálculo: uma vida longa e saudável, que é a expectativa de vida ao nascer; o acesso ao conhecimento, que é a quantidade média de anos de estudo e anos esperados de escolaridade; e um padrão de vida decente, a chamada renda “per capita”, nome atualizado para PIB “per capita”, que é o valor da riqueza total produzida no município (o PIB, Produto Interno Bruto) dividido pelo total da população do município.

QUEM É – O ministro Marcelo Cortês Neri é presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e ministro-chefe interino da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. É doutor em economia pela Universidade de Princeton (Estados Unidos). Formou-se em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, onde também fez o mestrado. É professor de graduação e pós-graduação (doutorado e mestrado) na Fundação Getulio Vargas (FGV). Fundou o Centro de Políticas Sociais da FGV, onde atuou por 12 anos. Suas principais áreas de pesquisa são políticas sociais, educação e microeconometria. Avaliou políticas públicas em mais de duas dezenas de países. Autor dos livros “Microcrédito: O Mistério do Nordeste e o Grameen Brasileiro”; “Cobertura Previdenciária: Diagnóstico e Propostas”; “A Nova Classe Média” e, entre outros, “Superação da Pobreza e a Nova Classe Média no Campo”. É colunista de jornal de economia e escreve com frequência em revistas especializadas nacionais e internacionais. Integrante de vários conselhos da sociedade civil, foi membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), indicado pela Presidência da República. Atua ativamente na proposição, avaliação e debate de políticas públicas, tendo participado da criação do sistema de pisos salariais mínimos estaduais em 2000. Já recebeu prêmio internacional em Dacar, Senegal, por proposta de crédito social vinculado ao Desenvolvimento do Milênio.

8 comentários

  1. Daqui alguns anos o IDH vai cair por que o prefeito não faz nada.
    Esse IDH é com base em anos anteriores. O próximo IDH vai ser igual o da áfrica.
    pense na bagaceira que tá essa cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o pior caro colega é que pelo que vejo ainda vai piorar muito. O comércio está entrando em decadência por causa do atraso do pagamento dos servidores municipais, estes pai e mãe de família que trabalham contando com aquela remuneração para se manterem, a saúde continua péssima, contrário do que o Prefeito "eleito" expôs em sua campanha, sim "eleito", pois ele não está exercendo suas funções de Prefeito e sim a 1° DAMA e Haddad Neto(Prefeitos de fato). A educação já era uma lástima, está pior do que nunca - falta professores, a merenda escolar tem péssima qualidade, acredite, em creches estão alimentando crianças de apenas 2,5 a 3 anos com macarrão com sardinha, onde está o dinheiro dos impostos que pagamos religiosamente?
      Temos que juntar nossas forças para que possamos mudar esta situação, não exonerá-lo do cargo (por enquanto), e sim cobrar para que tenhamos direito a viver em uma cidade que tenha qualidade de vida.

      Excluir
  2. só se foi na riqueza da familia alves

    ResponderExcluir
  3. O POVO IGNORANTE QUE TA FALANDO É O MINISTRO DA REPÚBLICA E NÃO É QUALQUER ZEZINHO DA ESQUINA NÃO.

    ResponderExcluir
  4. NA VERDADE ESSES DADOS É SOMENTE NO PAPEL, O INTERESSANTE SERIA QUE ESSE MINISTRO VIESSE COMPROVAR Á REALIDADE DE UMA CIDADE DE CORRUPTOS!!

    ResponderExcluir
  5. ESSA CIDADE DEVE SER SANTA INES QUE FICA NA BAHIA KKKK, PQ AQUI A COISA TA É PRETA

    ResponderExcluir
  6. E os concursados nada de serem empossados. Isso se chama amar santa Inês kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags