PUBLICAÇÕES RECENTES

Diagnóstico da saúde pública no MA é tema de palestra

13 de dezembro de 2012






Diagnostico da saúde pública (Foto: Francisco de Paula)

O Diagnóstico da Saúde Pública no Maranhão foi o tema abordado na tarde desta quinta-feira (13) pelo subsecretário de Estado de Saúde, José Márcio Leite, durante o "I Fórum Estadual do Judiciário para a Saúde no Maranhão", realizado do Pestana Resort, em São Luís. O evento teve início na quarta-feira (12) e reuniu gestores da saúde estadual e municipal, defensores públicos, magistrados, procuradores e técnicos da área da saúde.

O I Fórum da Saúde foi realizado pelo Comitê Estadual para Monitoramento das Demandas de Assistência à Saúde em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). O objetivo foi discutir a atuação dos gestores e operadores do Direito diante do aumento de processos para garantir o direito à saúde. Serviu também para pensar alternativas que levem á resolução do problema da judicialização, ao mesmo tempo em que discutiu o atendimento jurisdicional dessas demandas.

José Márcio explicou que o modelo de atenção a saúde é o sistema lógico que organiza o funcionamento das redes. "O Maranhão foi dividido em oito regiões de saúde e o funcionamento das macrorregiões e do perfil mínimo atribuído a cada município é que vai fazer a saúde alavancar. A grande contribuição dos gestores é fazer com que estes perfis funcionem de forma a resolver os problemas daquela região porque São Luis já não suporta mais a carga de pacientes que chegam do interior do estado", disse.

O perfil assistencial mínimo municipal envolve os programas do Ministério da Saúde, Rede de Urgência e Emergência e Rede Materno Infantil (Rede Cegonha). "Precisamos tratar a saúde com humanidade e amor. Esta revolução no sistema de saúde só será possível quando todos forem conscientizados que a saúde começa na atenção básica, com medidas simples e rotineiras que impedem que a doença chegue a um estágio de alta complexidade".

Os programas do Ministério da Saúde são hiperdia, hanseníase/tuberculose, imunização, prevenção do câncer de colo de útero e de mama, pré-natal, controle de doenças transmissíveis e Vigilância em Saúde. A rede de urgência é o funcionamento do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) 24 horas, salas de estabilização, nebulização, leitos de observação clínica, sala de procedimento, consultório médico e sala de classificação de risco. A Rede Cegonha envolve consultas e exames de pré-natal e centro de parto normal.


SES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags