PUBLICAÇÕES RECENTES

Projeto Tanques-Rede pode se tornar realidade em Santa Inês ainda este ano

9 de abril de 2015




O município de Santa Inês recebeu na última terça-feira (07/04) a visita de representantes da Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura (Sepac). Designados pelo governador Flávio Dino e atendendo a solicitação do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, estiveram em Santa Inês o assessor especial da Sepac, José de Ribamar Pereira, e o superintendente de desenvolvimento da Aquicultura do Estado, Fernando Bergman. Eles vieram conhecer o potencial para pesca e aquicultura do
município de Santa Inês, assim como receber outras demandas do setor de piscicultura do Município.
Recepcionados pelo secretário municipal Agricultura, Fabrício Morais Filho, e pelo diretor de Pesca do Município, Manoel Reis Ribeiro, José Pereira e Fernando Bergman estiveram visitando o Lago do Remanso e a represa do povoado Poção da Juçara.

LAGO DO REMANSO CONTEMPLADO
De acordo com Fabrício Morais, o resultado desta visita teve um saldo extremamente positivo, de uma vez que ficou confirmada a implantação de tanques-rede no Lago do Remanso, em uma quantidade ainda não definida. “O potencial hídrico do lago impressionou os representantes da Sepac e eles garantiram a implantação dos tanques-rede no local”, resumiu Fabrício Morais.

Com relação ao Poção da Juçara, onde também foi feito trabalho georeferencial, o lago também tem potencial para aquicultura, porém necessita de um estudo técnico mais detalhado, haja vista o local ser de baixa profundidade.

MAIS INVESTIMENTOS
O momento da visita dos representantes da Sepac serviu também para apresentar outros potenciais para a criação de peixes. Para isso, os representantes do setor de Piscicultura de Santa Inês solicitaram parceria para implantação de tanques escavados (açudes) e também qualificação para os beneficiários do projeto.

O prefeito Ribamar Alves analisa essas possibilidades e a implantação dos tanques-rede na bacia hidrográfica do município como uma vitória para os pescadores, que a partir deste projeto passarão a ser aquicultores, podendo, com isso, tirar o sustento de suas famílias numa atividade rentável com retorno garantido.


Texto. Magno Lima.
Foto1: Carlos Ramos
Foto 2: Reprodução/TV Anhanguera


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags