PUBLICAÇÕES RECENTES

Adiada mais uma vez inauguração do presídio de Santa Inês

15 de março de 2012



Já perdi a conta de quantas vezes anunciaram "oficialmente" a inauguração desse minipresídio de Santa Inês. Na última, estava tudo certo para a última terça-feira, 13. Deram até entrevista para as TVs locais. Nesta quinta (16), o Governo do Estado informou outra data.

                                                                                                                                                                           Foto: Agora Santa Inês
Editado por Notas do Daniel Aguiar
Com informações do Governo do Maranhão
O Centro de Ressocialização de Santa Inês será inaugurado oficialmente (de novo) na próxima segunda-feira (19). O prédio, localizado na Rua da Barreirinha, tem capacidade para 70 presos, sendo que 41 das vagas foram asseguradas a detentos do município que estavam em unidades prisionais na capital.

A entrega do Centro garantirá ao preso de Justiça, que cumpra sua pena de reclusão, próximo à sua família. “O Centro de Ressocialização de Santa Inês é muito importante para que o apenado possa ter mais contato com a família e cumpra sua pena de forma mais digna. Ele (centro) foi criado para ajudar a reduzir a ocupação nos presídios da capital”, afirmou o secretário de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária, Sérgio Tamer.

O Centro de Ressocialização possui 10 celas, espaço para banho de sol e sala de saúde para atendimento dos detentos, além de setor administrativo. A unidade prisional abrigará detentos de Santa Inês que haviam sido transferidos para São Luís, além de presos das delegacias dos municípios de Bom Jardim, Santa Inês e Pio XII.

Para o superintendente de Controle e Execução Penal do Interior, Alfrânio Martins Feitosa, a entrega do Centro de Ressocialização significa o cumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Poder Judiciário. “Estamos cumprindo um dos objetivos da Sejap, de transferir os presos do interior do estado que estão em São Luís para próximo de suas famílias”, disse.

Os 41 presos que estavam em São Luís foram conduzidos para Santa Inês, na semana passada, por homens do Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags