PUBLICAÇÕES RECENTES

Quem é Vianey Bringel?

12 de março de 2012




"Aceitei todos os desafios que apareceram em minha vida"


"Minha mãe me disse uma coisa que nunca esqueci: não se pode dar um passo mais largo do que a perna. Eu acho que por isso alcancei tudo que pretendi no tempo certo" - Vianey Bringel


O texto abaixo foi publicado no jornal O Estado do Maranhão no último domingo, 11 e publicada no Blog do Abimael Costa. Uma homenagem à mulher, mãe, médica, primeira dama e deputada estadual Vianey Bringel (PMDB).



Próximo de completar 30 anos de dedicação à pediatria, Vianey Bringel comemora sua trajetória de sucesso; a sensação de ser subestimada sempre a intrigou e foi a mania de fazer sempre o melhor que a fez estar entre os deputados mais votados no Maranhão.



Muito determinada Vianey Bringel sempre correu atrás de seus objetivos e mostrou a muita gente que era mais capaz do que acreditavam. Natural de Umirim (CE), a médica e deputada estadual veio para o Maranhão em busca do estudo que a sua cidade natal não oferecia.

Filha mais velha de um comerciante de produtos alimentícios e de uma dona de casa, Vianey Bringel sempre teve os pés no chão. Ela e os irmãos não passaram por necessidades financeiras na infância, mas sempre se preocuparam em retribuir o investimento dos pais. "Nunca cantei pobreza para me promover porque sei que todos os meus esforços foram tão válidos quanto os de qualquer pessoa", diz.

A deputada sempre estudou em colégios de freiras e a mãe, Raimunda Pinheiro, sempre acompanhou o seu desenvolvimento dentro de casa. Quando tinha 7 anos, o pai, Raimundo Pinheiro, se mudou para o Maranhão para ser gerente e cuidar de uma safra de arroz. Em todas as férias a família ia visita-lo em Santa Inês. A vinda definitiva para o estado só aconteceu na época do vestibular.





Medicina - Vianey Bringel sempre quis ingressar na faculdade em um dos cursos da área da saúde. Como a ciada natal não oferecia o curso de Medicina, ela pensou em estudar enfermagem. Vendo que o sonho da filha não aconteceria, dona Raimunda Pinheiro decidiu que a família viria para perto do pai e assim ela poderia estudar no Maranhão.

Quando conseguiu ser aprovada no vestibular a mãe reuniu toda a família para comemorar com um churrasco, mais após a festa Vianey Bringel viveu um dos momentos mais difíceis da sua vida. O carro da família se envolveu em um acidente gravíssimo na volta para Santa Inês, no qual a mãe morreu.


A deputada sofreu 17 fraturas e passou seis dias em coma. Como seu estado era delicado, só contaram a ela sobre a morte da mãe dois meses após o acidente. Mãe e filha sempre foram muito próximas e a perda foi muito grande. O incentivo para se recuperar da perda veio da percepção de que o sonho de dona Raimunda Pinheiro em vê-la formada como médica estava ficando para trás. "Não é porque é minha mãe, mas ela era uma uma pessoa admirável e eu não podia decepciona-la", ressalta.

A recuperação dos traumas do acidente foi difícil, mas ela se reergueu. Quando voltou para a universidade, Vianey Bringel estava com disciplinas atrasadas e teve que acompanhar a turma da irmã, que havia ingressado no curso depois dela. Após se formar, ela trabalhou como clínica geral em Santa Inês, mas preferiu atuar na área de pediatria. 

Para poder exercer o cargo de deputada, Vianey Bringel teve de se afastar da pediatria. Eça não deixou entretanto de atender os pacientes que continuam a procurando nos fins de semana que ela passa em Santa Inês.




Política - Foi ainda durante o tempo de universidade que a deputada Vianey Bringel conheceu o marido, Robert Bringel. Ele foi seu primeiro namorado e chegou a acompanhar o drama do acidente com o carro da família. Eles casaram ainda durante a faculdade de Medicina e hoje tem três filhos.

Robert Bringel é prefeito de Santa Inês e está no seu segundo mandato. Hoje, o casal compartilha também a carreira na política, mas a deputada resistiu bastante até que isso acontecesse. Quando o marido comunicou a família que gostaria de se candidatar à Prefeitura da cidade, ela e a sogra não gostaram da ideia, foi ai que ela resolveu pedir ajuda a São Francisco de Assis par garantir que o marido continuasse trabalhando apenas como médico.

A promessa ao santo seria paga com ela se vestindo com roupas marrons por um a no, mas o pedido não foi alcançado e ela decidiu apoiar o novo projeto do marido. A parceria deu certo e Robert Bringel venceu as duas eleições às quais já se candidatou.

Segundo Vianey, a própria candidatura veio por causa de um desafio, ela recebeu uma indicação para se filiar a um partido, mas foi uma declaração de que ela não teria nem 13 votos que afez aceitar de vez a proposta. Em sua primeira eleição ela recebeu mais de 60 mil votos em todo o estado e ficou na quarta posição entre os mais votados.

Para a deputada, a vitória nas urnas mostra com as mulheres tem ganhado cada vez mais espaço. "Eu não tive nenhuma passagem pela política de forma ativa antes de ser eleita. Poucas pessoas me conheciam, mas acreditaram na minha competência como médica e como mulher principalmente", afirma.


Medicina é tradição na família

Tornar-se médica era um sonho dela e da mãe que se realizou e virou uma paixão de toda a família. Além de ter uma irmã também médica. a deputada é casada com o médico cirurgião Robert Bringel.

Os três filhos do casal também decidiram seguir carreira na medicina, mas o fato mais impressionante é que todos os oito irmão do marido de Vianey também são médicos casados com outros médicos. " O maior orgulho do meu sogro foi ver o sonho dele acontecer em dobro e continuar crescendo porque os nossos filhos também estão seguindo os passos da gente", diz.

Segundo a deputada Vianey Bringel, a surpresa da família veio com o único neto. Pedro Bernardo, de 5 anis, fala que quer ser piloto de avião ou para-quedista quando crescer. "Toda criança é muito sincera. Talvez ele acabe seguindo a nossa profissão um dia, mas ele diverte muito a gente por enquanto", comenta.


* Gisele de Carvalho
Da equipe de O ESTADO
11-03-2012
Caderno Especial -DOMulher

Um comentário

  1. Se no mundo houvessem mais mulheres guerreiras como a drª Vianey o mundo seria bem melhor,pois e de pessoas como ela com determinação e força de vontade que o mundo precisa para ser melhor.....Odalea Miranda

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags