PUBLICAÇÕES RECENTES

Não é ignorância, é conveniência político-partidária!

13 de agosto de 2015



OPINIÃO - Longe de ser resultante da ausência de informações acerca do que se disse, os ataques ao prefeito Ribamar Alves, confeccionados - retalho a retalho - na cozinha de opositores no início desta semana, devem ser encarados como recalque mal curado. Sim, porque opor-se ao crescimento de Santa Inês já é sinônimo dessa turma, mas daí a criar factóides para tentar manipular algumas pessoas é se achar espertinho demais, não!?!. Estão subestimando a inteligência do santainesense.

Assim que aquelas nove amendoeiras foram cortadas na Rua do Flamengo, no Centro da cidade, imediatamente formou-se uma teia de informações falsas e desencontradas acerca do episódio. Tudo quanto é de opositor virou ambientalista, conservacionista, ecologista e outros "istas" mais... num passe de mágica! Parasitas que nunca plantaram uma árvore disseram, agora, estar preocupados com o futuro do planeta. 

Eu lamentei, profundamente, o corte daquelas árvores. E eu fui lá ver o que, de fato aconteceu. Por que cortaram aquelas árvores frondosas? Quis saber de quem cortou. Elas incomadavam alguém? Ofereciam algum risco? Perguntei aos moradores daquela rua.
Raízes destroem calçadas e muro de escola


Diretora de escola prejudicada pelas árvores diz que após conversa com moradores,
chegou-se ao consenso de derrubar as amendoeiras
A diretora da Escola Padre Chagas, Arlene Santos Veloso, disse que as amendoeiras estavam cheias de cupins e os insetos estavam destruindo o teto da escola. Ela disse, ainda, que as raízes das árvores destruíram a calçada da escola e comprometeram a estrutura do muro. 
Luciete Saraiva fala sobre danos causados ao prédio da APAE pelas árvores
A presidente da APAE, Luciete Saraiva, disse que a instituição sobrevive de doações e os prejuízos causados pelas árvores estavam consumindo parte dos recursos, que já são poucos. Raízes estavam destruindo o piso da parte frontal do prédio e as copas desmantelando o telhado, que precisou ser recuperado algumas vezes.

Aposentada que vive há mais de 30 anos na Rua do Flamengo agradece ao prefeito
A aposentada Joana Vieira Oliveira não dormia tranquila à noite com medo de uma amendoeira cair sobre a casa dela e matar alguém. Dona Joana mora na Rua do Flamengo há mais de três décadas e ajudou a plantar e cuidar das amendoeiras, há 25 anos. "Chegou a hora de substituí-las. É doído, mas temos que pensar na vida das pessoas que moram aqui. Eu achei bom. Agente tinha medo e era uma sujeira 'doida' aqui". 
Dona Ilza temia a chegada de mais um período chuvoso
Dona Ilza de Santana também aprovou o corte das árvores, mas insistiu que outras mudas sejam plantadas naquele local. Segundo a balconista,  "foi bom ter tirado porque tava correndo o risco de cair em cima das casas, porque são antigas. Quando chegar o tempo chuvoso, né? A nossa preocupação era essa"
Carlindo de Oliveira diz que, agora, ficou mais tranquilo
Carlindo de Oliveira, de 67 anos de idade também temia: "A gente tava vendo, qualquer hora, esses pés de "almenda" cair em cima do colégio ou em cima da minha casa. Então, primeiramente, quero agradecer a Deus por não nada ter acontecido e agradecer 'o' prefeito Ribamar Alves por ter mandado tirar essas árvores aqui dessa rua". 

Eu conversei, também, com um morador que discorda do corte das árvores. Ele não quis ser identificado e não aceitou gravar entrevista. Mas, ele disse que não acreditou quando viu e está ha dois dias triste com a ação. Segundo ele, as árvores davam vida àquele local.

Mineiro afirma que se não fossem cortadas, as árvores
iriam cair sobre as casas
O diretor do Departamento de Exposição e Feira, Sildemir de Sousa, conhecido como 'Mineiro' reafirmou as condições precárias das árvores. "Elas estavam comprometidas. Eu sou técnico agrícola e junto com o secretário de Agricultura e o do Meio Ambiente, fizemos uma vistoria minuciosa e constatamos que os moradores tinham razão, não dava mais para essas amendoeiras continuarem de pé, sob o risco de tombarem sobre a fiação e as casas. Agora, tem muitos desinformados que não sabem o que 'tão' dizendo e tudo que acontece eles 'botam' culpa no prefeito. O prefeito atendeu a uma reivindicação da população", desabafou, Mineiro.

De acordo com informações da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Santa Inês, no local das amendoeiras, será construída uma praça com novas e adequadas árvores e bancos. "O local será revitalizado, ou seja, ganhará nova vida, novo vigor. E, de quebra, ficará mais belo e iluminado", disse o secretário Francisco Melo
Francisco de Melo (Bil)
Não creio que foi por ignorância que iniciaram os ataques ao prefeito de Santa Inês. Foi por mera e pura conveniência político-partidária. Disseram estar preocupados com os moradores daquela rua, mas não foram lá para saber se eles precisavam dessa hipócrita defesa. Sabe quem foi lá? O prefeito. A princípio, recusou-se a atender ao pedido dos moradores, mas foi convencido ao constatar o perigo real que aqueles cidadãos estavam correndo.

3 comentários

  1. Verdade!Cobra-se tanto que governantes façam pelo bem geral e vejo munícipes que dizem amar Santa Inês fazendo distorção em tudo ,implantando ódio e discordia na população com objetivo de denigrir o governo atual por não ser o seu grupo partidário.

    ResponderExcluir
  2. Verdade!Cobra-se tanto que governantes façam pelo bem geral e vejo munícipes que dizem amar Santa Inês fazendo distorção em tudo ,implantando ódio e discordia na população com objetivo de denigrir o governo atual por não ser o seu grupo partidário.

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags