PUBLICAÇÕES RECENTES

Governo atende agricultores de Araguanã por meio de chamada pública

4 de fevereiro de 2016

Cerca de 80 famílias do município de Araguanã, no território de Alto Turi, participaram, semana passada, de quatro oficinas de Diagnóstico Rápido e Participativo (DRP), promovidos pelo Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp). As atividades são referentes ao Contrato de Ater Nº 094/2013 (Chamada Pública da Sustentabilidade) que atende 2.240 famílias no Maranhão.


As oficinas de DRPs são atividades coletivas, executadas com as famílias já selecionadas e assistidas pelos técnicos da Chamada, que realizam uma investigação e aprendizagem mútua, no intuito de conhecer os entraves e as possibilidades das famílias rurais em busca do desenvolvimento local sustentável.
A Chamada Pública da Sustentabilidade tem como objetivo promover o desenvolvimento e a diversificação sustentável das Unidades de Produção Familiar (UPF) para melhorar a produção e geração de renda, e consequentemente, a vida do homem do campo.

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares, o Governo do Estado, por meio da Chamada da Sustentabilidade, busca dar dignidade ao agricultor familiar facilitando o acesso às políticas públicas que visam dar condições de desenvolvimento de campos produtivos e acesso ao mercado.

“Com a chamada estamos gerando conhecimento para uma agricultura sustentável, aproximando o agricultor familiar às politicas públicas que deem a ele capacidade de comercialização e geração de renda”, ressaltou Adelmo.

A Chamada Pública da Sustentabilidade atende a 2.240 famílias, com renda entre dois até 10 salários mínimos de 17 municípios distribuídos em seis regiões de planejamento do Estado: Alto Turi, Baixo Turi, Pindaré, Carajás, Mearim e Tocantins.

Para o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, com as atividades da chamada, é possível fornecer dados que colaborem com entendimento da realidade local e para uma mudança efetiva na qualidade de vida dos agricultores familiares. “A realização das oficinas é uma ação essencial para coletar informações junto às famílias, dando continuidade à Chamada, que vai auxiliar no plano de desenvolvimento econômico do município e das famílias beneficiárias, fortalecendo as bases da agricultura familiar”, disse o presidente.

Entrega de sementes
Na oportunidade da realização da oficina com os agricultores, a Agerp fez a entrega de sementes de arroz e milho para as famílias, como parte da ação do Programa Mais Sementes, desenvolvido em parceria entre as Secretarias de Agricultura Familiar (SAF) e Agricultura e Pecuária (Sagrima).

A distribuição das sementes contou com a participação do gestor regional da Agerp de Zé Doca, José Raimundo Mendonça, e o prefeito do município, Valmir Amorim.

AGERP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags