PUBLICAÇÕES RECENTES

Jovem foge da prisão para realizar sonho de amor: morar com travesti

2 de março de 2012






O imparcial

Ainda existe verdadeiro amor e nem as grades de uma cela de delegacia conseguiram separar os dois corações apaixonados. Antônio Paulo Lopes, “Paulinho”, de 20 anos, fugiu da prisão, no mês de janeiro, devido sentir forte saudade de sua eterna paixão, o travesti identificado apenas por “Geiza”.

Ele estava preso desde dezembro do ano passado, na Delegacia de Miranda do Norte onde responde por homicídio. Paulinho falou que a fuga teve um motivo especial: não aguentava viver sem olhar diariamente Geiza – apesar dela ir 15 em 15 visitá-lo.Na primeira quinzena de janeiro, ele em companhia de mais cinco companheiros de cela, conseguiram fugir e durante a fuga, dois detentos morreram e três recapturados pela polícia. “Como prova de amor fiz uma tatuagem no braço com o seu nome”, diz.

A VOLTA AO LAR
Para não ser recapturado pela polícia, Paulinho ficou escondido o dia todo dentro de um matagal. No período da noite, segundo o fugitivo, saiu do mato e foi até um lugarejo onde conseguiu ligar para Geiza e ainda essa noite conseguiram se encontrar.

Ele afirmou que durante a madrugada, ele acalentou-o e somente pela manhã do dia seguinte fugiram a pé pela estrada de ferro, localizada nas proximidades da cidade de Anajatuba. Neste município, pegaram um táxi e vieram morar em São Luís, na Vila Maranhão.

Desde esse mês, ele estava trabalhando como ajudante de pedreiro para sustentar a casa, segundo ele, a Geiza possui a profissão de empregada doméstica, mas no momento está sem emprego.

O RETORNO
Na última quinta-feira (1º), a equipe do 5º Distrito Policial, por meio do Disque Denúncia (3223-5800) informou que havia um homicida morando na Vila Maranhão. Antônio Lopes tinha assassinado a tiros um homem, identificado como “Jaime”, no dia 8 de dezembro de 2011, no povoado de Carionga, em Miranda do Norte.

O chefe de captura dessa delegacia, Clemilton Ferreira, falou que os investigadores da Polícia Civil, Valdemir, Amarildo e Fábio foram até o local onde estava morando Paulinho e efetuaram a prisão. Ele foi levado até o 5º Distrito, localizado no Anjo da Guarda e, na manhã desta sexta-feira (2), foi transferido para a Delegacia de Miranda do Norte.

AMOR A PRIMEIRA VISTA
Paulinho relatou que, no ano de 2010, olhou pela primeira vez Geiza, durante o festejo do santo São Raimundo, no povoado de Pindoval, em Miranda do Norte. Neste dia, despertou a paixão por ele, mas somente no ano seguinte que começaram a namorar. “Não troco essa mulher por nada. Quando sair da cadeia, iremos voltar a morar juntos”, confirmou.


3 comentários

  1. existe amor de todo jeito.

    ResponderExcluir
  2. Há demônio pra tudo, tanto pra fazer matar, quanto pra fazer se apaixonar por uma pessoa do mesmo sexo. Isso é muito triste. Eles precisam conhecer a Deus.

    ResponderExcluir
  3. ele teria que pagara em liberdade pra viver esse amor,pois assim ele se recuperava passaria a ser uma pessoa melhor ao lado do grande amor da vida dele ,porem na cadeia ela vai ficar e mais revoltado....pois qando tava foragido estava trabalhando honestamente.....independente de tudo não devemos ter preconceito de nada....e o amor e lindo.rsrsr

    ResponderExcluir

Todos os comentários postados no Notas do Daniel Aguiar passarão por moderadores. O conteúdo dos comentários é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a nossa linha editorial.

 

Fale com o blogueiro

- Daniel Aguiar -
WhatsApp: (98) 9 8256 6682
Email: danielaguiarpereira@gmail.com

O que você procura?

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

WhatsApp do 7º BPM/Pindaré

OPORTUNIDADES

Tags